Comportamento

Conta bancária: 65% dos brasileiros preferem abrir pela internet

Levantamento mostra que pandemia causou impacto nos hábitos financeiros dos brasileiros em relação à tecnologia

Conta bancária: 65% dos brasileiros preferem abrir pela internet
(Foto: Tiago Queiroz/Estadão)
  • Os números apontam para uma mudança gerada pela pandemia de covid-19 na relação entre consumidores e bancos, após um processo de aceleração da transformação digital das empresas
  • Para se ter uma ideia, em 2019 foram abertas 7,4 milhões de contas digitais no Brasil, sendo 6,5 milhões por dispositivos móveis e 935 mil por internet banking, segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban)
  • Para Fabrício Ikeda, diretor da área de Fraude e Compliance da FICO, qualquer banco no Brasil que não seja capaz de atender à demanda de abertura de conta por aplicativo provavelmente não será competitivo

Uma pesquisa realizada pela FICO, empresa mundial em software de decisão e análise preditiva, mostra que para 65% dos brasileiros há mais disposição para abrir uma conta bancária de forma on-line em 2021 do que no ano passado.

O estudo, realizado com 14 mil pessoas em 14 países entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, também revelou que 43% dos brasileiros preferem utilizar aplicativos enquanto 22% preferem o site dos bancos para abrir contas.

Os números apontam para uma mudança gerada pela pandemia de covid-19 na relação entre consumidores e bancos, após um processo de aceleração da transformação digital das empresas. Tanto é que 36% dos entrevistados no Brasil afirmaram ter menos intenção de abrir uma conta em uma agência física do que tinham há um ano.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) ainda não divulgou os números de 2020, mas segundo informações da entidade foram abertas 7,4 milhões de contas digitais no Brasil em 2019, sendo 6,5 milhões por dispositivos móveis e 935 mil por meio do internet banking, uma alta de 72% em relação a 2018.

Para Fabrício Ikeda, diretor da área de Fraude e Compliance da FICO, qualquer banco no Brasil que não seja capaz de atender à demanda de abertura de conta por aplicativo provavelmente não será competitivo, uma vez que os consumidores buscam cada vez mais uma experiência digital, agradável e prática para as tarefas cotidianas.

“Além disso, é fundamental que a autenticação biométrica – que tem grande adesão dos brasileiros – seja cada vez mais adotada para adicionar uma camada de segurança às transações virtuais”, complementa Ikeda.

Outro aspecto identificado pelo levantamento é a preocupação com a segurança e praticidade. Ao abrir uma conta de forma online, 77% dos entrevistados querem provar sua identidade e 66% registrar a biometria para futura autenticação sem precisar buscar outro canal. Se for solicitada a ida a uma agência ou o envio de documentos por correio, 24% vão buscar um concorrente e 18% irão desistir completamente.

Além do Brasil, a pesquisa consultou consumidores de outros 13 países: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, África do Sul, Colômbia, México, Austrália, Nova Zelândia, Vietnã, Indonésia, Malásia, Filipinas e Tailândia.

Publicidade

Web Stories

Ver tudo
<
Como identificar uma nota falsa?
Quanto custa comer na melhor pizzaria da América Latina, que fica em SP?
D.O.M: saiba quanto custa comer em um dos 100 melhores restaurantes da América Latina
Como receber pensão vitalícia na união estável?
Quanto Madonna já ganhou na loteria?
Quanto custa comer no 2º restaurante mais caro do mundo? Descubra
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
Como investir em IA para ganhar dinheiro?
5 passos para planejar a independência financeira dos seus filhos
Como identificar as notas antigas do real que saíram de circulação?
Reforma tributária: quais alimentos terão imposto zerado ou reduzido? Confira lista
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos