Educação Financeira

Qual será o salário mínimo de 2024? Ministra Simone Tebet faz previsão

Caso o novo valor para o salário mínimo de 2024 seja aprovado pelo Congresso, o pagamento iniciará em janeiro

Qual será o salário mínimo de 2024? Ministra Simone Tebet faz previsão
Real (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
  • A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, afirmou que a proposta do valor do salário mínimo para 2024 é de R$ 1.421
  • O reajuste no valor do salário mínimo corresponde a um aumento de R$ 101 — cerca de 7,7% — a mais em relação ao piso atual, que é de R$ 1.320
  • O objetivo do governo com a nova conta de reajuste é preservar o poder de compra do piso salarial

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, afirmou que a proposta do valor do salário mínimo para 2024 é de R$ 1.421. O Congresso Nacional deverá votar a proposta ainda em dezembro. Caso aprovada, o valor já começará a ser pago a partir do início de 2024.

O reajuste no valor do salário mínimo corresponde a um aumento de R$ 101 — cerca de 7,7% a mais em relação ao piso atual, que é de R$ 1.320. A informação foi confirmada por Tebet em entrevista ao lado do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) parao ano que vem.

O reajuste proposto vai de acordo com a regra de valorização do piso salarial aprovada por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda neste ano. O salário mínimo subirá o equivalente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado em 12 meses até novembro do ano anterior mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes — neste caso é 2022, que cresceu 2,9%.

Publicidade

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

No entanto, o valor do salário mínimo poderá ser maior, caso o INPC até o final do ano aumente. O objetivo do governo com a nova conta de reajuste é preservar o poder de compra do piso salarial.

O aumento acima da inflação foi abandonado durante a gestão do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro (PL), em 2020.

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos