EURO R$ 6,13 -0,03% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% PETR4 R$ 23,34 +0,00% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
EURO R$ 6,13 -0,03% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% PETR4 R$ 23,34 +0,00% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
Delay: 15 min
Investimentos

JPMorgan decide ajudar pequenos negócios com trilhões de dólares de liquidez

Banco tem parceria com a Taulia, plataforma que fornece soluções de capital de giro

(Foto: Dylan Martinez/Reuters)
  • Parceria com uma plataforma que fornece soluções de capital de giro vai beneficiar fornecedores de multinacionais
  • Ideia é ajudar empresas menores a acessar capital a uma taxa mais barata e em menos tempo
  • Estimativa é que US$ 20 trilhões de fornecedores aguardam algum tipo de pagamento

(Molly Smith e Michelle F. Davis/Bloomberg) – O JPMorgan Chase tem procurado ajudar as maiores empresas a dar liquidez de trilhões de dólares para suas cadeias globais de suprimentos. Por meio de uma parceria tecnológica com a Taulia, uma plataforma que fornece soluções de capital de giro, o banco está trabalhando para redistribuir a liquidez a pequenos fornecedores de grandes companhias que possuem grau de investimento. As multinacionais terão a opção de pagar antecipadamente aos fornecedores com seu próprio dinheiro ou recorrer ao balanço do JPMorgan para manter o dinheiro fluindo através da rede de provedores.

Embora a parceria com a Taulia esteja em andamento desde o ano passado, ela parece agora ser mais convincente, pois as cadeias globais de suprimentos foram derrubadas pela pandemia de coronavírus, forçando os governos a tomar ações sem precedentes para apoiar grandes e pequenas empresas.

Por meio da rede da Taulia, o JPMorgan poderá ajudar empresas menores a acessar capital a uma taxa mais barata e em menos tempo do que seria possível, disse Stuart Roberts, chefe global do banco. “Estamos assumindo um risco relativamente de curto prazo em empresas maiores”, afirmou Roberts. “Eu não conseguia pensar em uma maneira mais segura de injetar liquidez em uma empresa de pequeno ou médio porte com estresse de crédito no momento”.

As empresas fazem mais de US$ 120 trilhões em transações por ano, mas US$ 20 trilhões desse total aguardam pagamento na cadeia de suprimentos, disse Cedric Bru, CEO da Taulia. Os clientes podem ter acesso em 90 segundos, em comparação com os dias ou até semanas que as pequenas empresas levam para acessar o crédito dos bancos locais a taxas de juros mais caras, disse Bru.

Nos últimos dois meses, as empresas com grau de investimento em todo o mundo acessaram centenas de bilhões de dólares por meio de mercados de títulos e linhas de crédito a um custo relativamente baixo, mas empresas menores têm menos – e mais caras – opções. Enquanto o mercado de títulos de alto rendimento dos EUA se abriu, ele ainda permanece quieto na Europa. Nos empréstimos alavancados, os poucos que chegaram são de marketing e, frequentemente, precificam a taxas de juros de dois dígitos. Os mercados de crédito privado estão inativos.

Os spreads dos títulos podres dos EUA foram compactados para 775 pontos-base em relação ao pico de 1.100 pontos-base em março, mas os níveis atuais ainda são mais do que o dobro do que eram em fevereiro.

A crescente lacuna fez com que muitas empresas perdessem o acesso ao capital, disse James Fraser, chefe global de soluções estruturadas do JPMorgan. “A capacidade de alavancar a força de um grande comprador em grau de investimento para um pequeno fornecedor passou de uma opção de financiamento atraente para uma tábua de salvação”, disse ele.

O JPMorgan tinha uma plataforma de tecnologia que deveria ser atualizada. O banco olhou para vários outros parceiros e também considerou construir o seu próprio. Em vez disso, optou pelo Taulia, com sede em São Francisco, devido às suas capacidades de inteligência artificial, disse Roberts. A parceria, prevista para ser anunciada formalmente nesta semana, ajudará o JPMorgan a se tornar o maior banco financeiro da cadeia de suprimentos global, disse ele.

Invista utilizando as melhores plataformas de negociação. Cadastre-se na Ágora Investimentos
EURO R$ 6,13 -0,03% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% PETR4 R$ 23,34 +0,00% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
EURO R$ 6,13 -0,03% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% PETR4 R$ 23,34 +0,00% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
Delay: 15 min

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos