Publicidade

Investimentos

Qual título do Tesouro Direto comprar em janeiro, segundo o Santander

Banco espanhol recomenda investidor se proteger da inflação

Qual título do Tesouro Direto comprar em janeiro, segundo o Santander
Tesouro Direto: com R$ 30 já é possível comprar títulos (Foto: Shutterstock_BrendaRocha)

O Santander passou a recomendar o título Tesouro IPCA+ com vencimento em 15 de maio de 2035 para aqueles que desejam comprar títulos do Tesouro Direto, mostra relatório do banco enviado aos clientes na última terça-feira (2). Nos últimos 12 meses, o título teve uma rentabilidade de 19,8%.

O investimento é atrelado a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Caso o investidor resgate seu dinheiro antes do prazo ele sofre a marcação a mercado, que pode causar perdas para o mesmo. No entanto, o Santander pensou nessa possibilidade e vê um caminho para ele evitar qualquer prejuízo. O banco acredita que o processo de desinflação continua dominando o cenário nacional, com isso, as metas inflacionárias serão atingidas e juros tendem a cair.

“Mantemos expectativa que o Banco Central seguirá cortando a taxa Selic nas próximas reuniões, até atingir 9,50% em meados de 2024”, explicam Ricardo Peretti e Alice Corrêa que assinam o relatório.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Segundo os analistas, se isso acontecer, os ventos passam a ser favoráveis para os ativos de risco, o que tende a gerar um menor prêmio de risco para os novos títulos públicos reais. “Isso acaba favorecendo a marcação a mercado do título que recomendamos, o que pode ser interessante para o investidor caso ele queira sair antes do prazo de vencimento”, afirmam.

No entanto, Peretti e Corrêa comentam que se o governo criar ruídos políticos, ou se a inflação voltar a para as alturas, o melhor é continuar com o papel para se proteger até uma melhora de cenário. “Caso a percepção de risco piore e o dólar volte a se valorizar, a proteção contra a inflação do título recomendado exercerá sua função”, concluem os analistas.

Web Stories

Ver tudo
<
>