MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,55 +0,74% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% ABEV3 R$ 13,67 +2,48% VALE3 R$ 74,62 +3,21% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% PETR4 R$ 26,29 -0,60%
MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,55 +0,74% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% ABEV3 R$ 13,67 +2,48% VALE3 R$ 74,62 +3,21% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% PETR4 R$ 26,29 -0,60%
Delay: 15 min
Mercado

Abertura de Mercado: Espera pela ata do Fed limita apetite local

Abertura de Mercado: Espera pela ata do Fed limita apetite local
Foto: Shutterstock/Immersion Imagery/Reprodução

As principais bolsas internacionais avançam nesta manhã de quarta-feira (25), embora com um fôlego bastante limitado, refletindo a espera dos investidores pelo conteúdo da ata da reunião de maio do Fed, que pode dar mais pistas sobre como a instituição pretende combater a inflação na maior economia do mundo, depois que o indicador atingiu o maior nível em quatro décadas.

Na Europa, a preocupação é mesma com a inflação, mas em um contexto diferente, já que o Banco Central Europeu (BCE) ainda prepara o terreno para iniciar um ciclo de altas de juros, provavelmente em julho, como disse hoje mais cedo, Fabio Panetta, membro do conselho executivo da autoridade monetária. Dito isso, os índices futuros das bolsas de Nova York e as bolsas europeias avançam, enquanto as bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta durante a madrugada – diante dos novos sinais de que a China fará mais estímulos para impulsionar a economia local.

Entre as commodities, as cotações dos barris de petróleo avançam mais de 1% e os preços do minério de ferro também subiram. Por aqui, diante de uma agenda de indicadores mais fraca, a ausência de direcionadores deve colocar os investidores locais também em compasso de espera pelo documento do Fed. Como uma prévia do que esperar para o início da sessão, as ADR das duas empresas mais representativas do Ibovespa (Petrobras e Vale) subiam levemente no pré-mercado de Nova York, sugerindo um dia de ganhos para esses ativos aqui no Brasil também.

É válido notar, no entanto, que a votação do projeto de lei que limita o ICMS sobre energia elétrica e combustíveis em 17% pode gerar alguma volatilidade, pois ao mesmo tempo em que colaboraria com um arrefecimento nos preços pode significar perda de arrecadação – dois temas que sugerem maior volatilidade no mercado de juros futuros hoje.

Agenda econômica 25/05

Brasil: Saíram, logo cedo (8h00), os dados de confiança do consumidor, que mostraram queda de 3,1 pontos, para 75,5. Além disso, de acordo com dados publicados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,76% na terceira quadrissemana de maio, desacelerando em relação ao ganho de 1,04% observado na segunda quadrissemana deste mês. Ainda antes da abertura dos negócios (09h30), o ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de um painel sobre endividamento global no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

EUA: Destaque completo para a ata do Fed (15h00). Antes dela, teremos os dados sobre as encomendas de bens duráveis (9h30), estoques de petróleo (11h30) e o discurso do vice-presidente do Fed, Lael Brainard (13h15).

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos