EURO R$ 6,32 -0,24% MGLU3 R$ 6,33 +3,94% DÓLAR R$ 5,54 +0,06% BBDC4 R$ 20,87 +1,61% ABEV3 R$ 15,10 +0,73% PETR4 R$ 31,45 +3,73% IBOVESPA 106.927,79 pts +1,33% ITUB4 R$ 23,50 -0,76% VALE3 R$ 84,69 +0,58% GGBR4 R$ 28,28 +0,04%
EURO R$ 6,32 -0,24% MGLU3 R$ 6,33 +3,94% DÓLAR R$ 5,54 +0,06% BBDC4 R$ 20,87 +1,61% ABEV3 R$ 15,10 +0,73% PETR4 R$ 31,45 +3,73% IBOVESPA 106.927,79 pts +1,33% ITUB4 R$ 23,50 -0,76% VALE3 R$ 84,69 +0,58% GGBR4 R$ 28,28 +0,04%
Delay: 15 min
Mercado

Ativos sob custódia da XP crescem 23% no 4º tri para R$ 815 bi

A captação líquida da XP foi de R$ 48 bilhões no 4º tri, crescimento de 29% contra o 3º tri

Logotipo da XP na sede da empresa
Logotipo da XP, na sede da empresa (Foto: Matheus Lombardi/XP/Divulgação)

A XP teve aumento de 23% nos seus ativos sob custódia no quarto trimestre frente ao mesmo período de 2020, alcançando montante de R$ 815 bilhões, segundo dados preliminares divulgados pela empresa nesta terça-feira (11).

O crescimento foi de 3% em comparação com o terceiro trimestre.

A base de clientes ativos também cresceu 23% em comparação anual, para 3,416 milhões, enquanto na comparação mensal a alta foi de 4%.

“A média mensal de adição líquida de clientes caiu 23% de 52.000 no terceiro trimestre para 40.000 no quarto trimestre, impactada principalmente por uma menor ativação na Clear, dada o fraco ‘momentum’ no mercado de ações“, disse a XP.

A captação líquida da XP foi de R$ 48 bilhões no quarto trimestre, crescimento de 29% contra o trimestre imediatamente anterior.

No ano, a captação líquida total foi R$ 230 bilhões, crescimento de 16% frente a 2020, enquanto a captação líquida ajustada por custódias concentradas total foi de R$ 176 bilhões, crescimento de 25% em comparação anual.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos