ITUB4 R$ 23,29 -4,86% MGLU3 R$ 12,08 -2,66% DÓLAR R$ 5,72 +1,03% EURO R$ 6,65 +1,06% BBDC4 R$ 20,16 -5,13% IBOVESPA 104.334,73 pts -3,16% GGBR4 R$ 26,78 +0,83% PETR4 R$ 26,21 -4,52% ABEV3 R$ 14,77 -2,44% VALE3 R$ 76,44 +1,70%
ITUB4 R$ 23,29 -4,86% MGLU3 R$ 12,08 -2,66% DÓLAR R$ 5,72 +1,03% EURO R$ 6,65 +1,06% BBDC4 R$ 20,16 -5,13% IBOVESPA 104.334,73 pts -3,16% GGBR4 R$ 26,78 +0,83% PETR4 R$ 26,21 -4,52% ABEV3 R$ 14,77 -2,44% VALE3 R$ 76,44 +1,70%
Delay: 15 min
Mercado

Banco do Brasil vai pagar R$ 527 milhões em JCP aos acionistas

Os JCP serão pagos em 30 de setembro e terão como base a posição acionária de 13 de setembro

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

(João Santos, especial para o E-Investidor) – O Banco do Brasil S.A. divulgou nesta sexta-feira (27), que aprovou a remuneração de R$ 527,136 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP) aos seus acionistas. O valor é relativo ao terceiro trimestre de 2021.

Serão pagos R$0,18473964825 por ação e, segundo o BB, esse valor será imputado ao dividendo mínimo obrigatório referente ao 2º semestre de 2021.

Os JCP serão pagos em 30 de setembro e terão como base a posição acionária de 13 de setembro. Assim, as transferências de ações a partir de 14 de setembro passarão a serem efetuadas como “ex” JCP.

O Banco do Brasil também informou os procedimentos de pagamento que serão seguidos:

  • O crédito será por conta corrente, poupança-ouro ou por caixa. Os acionistas cujos cadastros estejam desatualizados terão suas remunerações retidas até a efetiva regularização de seus registros em uma das agências do BB. A regularização cadastral poderá ser efetuada mediante a apresentação de documento de identidade, CPF e comprovante de residência, se pessoa física, ou estatuto/contrato social e prova de representação, se pessoa jurídica.
  • Aos acionistas com ações custodiadas na CBLC – Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia, os valores serão pagos àquela entidade, que os repassará aos acionistas titulares, por meio de seus respectivos agentes de custódia.
  • Haverá retenção de imposto de renda na fonte sobre o valor nominal de acordo com a legislação vigente. Os acionistas dispensados da referida tributação deverão comprovar esta condição até 15/09/2021, em uma das agências do BB.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos