EURO R$ 6,23 +0,01% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% PETR4 R$ 26,84 +4,06% VALE3 R$ 78,91 -0,35%
EURO R$ 6,23 +0,01% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% PETR4 R$ 26,84 +4,06% VALE3 R$ 78,91 -0,35%
Delay: 15 min
Mercado

‘Páginas amarelas’ na palma da mão: GetNinjas saltou 12% desde o IPO

O CEO, Eduardo L’Hotellier, fala sobre as perspectivas para o setor de serviços na Bolsa

Foto do CEO da GetNinjas, Eduado L'Hotellier, segundando uma espada
Eduado L'Hotellier uniu o conhecimento em tecnologia e a necessidade de contratar de serviços para criar a plataforma GetNinjas. Crédito: Divulgação GetNinjas
  • A plataforma digital para contratação de serviços abriu capital na B3 em maio deste ano
  • No IPO, 69 fundos de investimento ficaram com 82% das ações. Outros 15,37% foram comprados por investidores estrangeiros e a fatia de 8,19% ficou com pessoas físicas
  • Em 2020, a GetNinjas teve mais de 2,1 milhões de profissionais cadastrados. No primeiro trimestre deste ano, foram 512 mil, número 208% maior em relação ao mesmo período do ano anterior

Depois de contratar um serviço de pintura que não o agradou, há 10 anos, Eduardo L’Hotellier teve o insight de criar uma plataforma digital para contratação de serviços. O sistema teria o objetivo de ser as antigas “páginas amarelas” na internet. A ideia resultou em um um dos IPOs mais esperados de 2021 na Bolsa de Valores. Desde a abertura de capital, em maio, as ações da empresa registram valorização de 11,73%.

Apesar da formação em engenharia, L’Hotellier migrou de carreira para trabalhar no mercado financeiro, área que proporcionou o conhecimento para alinhar estratégias de análise de mercado com a experiência própria de contratar serviços. A junção resultou na criação de uma empresa que fatura hoje cerca de R$ 47,3 milhões.

No dia de estreia na B3, a GetNinjas (NINJ3) movimentou R$ 482 milhões. A oferta foi coordenada pelo BTG Pactual, juntamente com JP Morgan, UBS BB e Bradesco BBI. No IPO, 69 fundos de investimento ficaram com 82% das ações. Outros 15,37% foram comprados por investidores estrangeiros e a fatia de 8,19% ficou com pessoas físicas.

Apesar do susto com a pandemia do coronavírus, a empresa conseguiu alavancar resultados percebendo a mudança do perfil de necessidade dos serviços. “Como as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, vimos um aumento das solicitações de serviços para pequenos reparos e de serviços da área de saúde e bem-estar que podiam ser realizados de forma remota”, diz L’Hottelier.

O fundador e CEO conversou, em exclusividade, com o E-Investidor. Confira os principais trechos da entrevista:

E-Investidor – Como surgiu a ideia da plataforma GetNinjas?

Eduardo L’Hotellier – Tudo começou em 2011. Naquela época, eu precisava contratar um pintor, mas, além da dificuldade de encontrar o profissional, não havia como dar um feedback. Eu já trabalhava com tecnologia, então veio a inspiração de criar uma plataforma que conectasse clientes e profissionais autônomos com a possibilidade de escrever avaliações.

Na época, não era comum o acesso aos smartphones e todo processo de contratação era super demorado. O cliente solicitava, nós enviávamos um e-mail para o profissional, que via esse e-mail uma semana depois. Depois, migramos para SMS, onde mandávamos uma mensagem texto para o celular do profissional. O problema era o limite de sessenta caracteres e o fato de não enviar imagens ou links.

A partir de 2017 chegaram os smartphones na mão da maioria das pessoas. O que facilitou a contratação dos serviços para o cliente e para o profissional. Nesse momento, a empresa começou a tomar corpo e crescer. Hoje, com o amadurecimento das companhias do mercado de tecnologia, fizemos essa oferta e foi super bem recebida.

E-Investidor– Com uma história de dez anos, o que representa a abertura de capital da empresa?

L’Hotellier – Fazer o IPO demonstrou a confiança dos investidores no produto que estamos construindo, mas sabemos que ainda temos muitos desafios até o fortalecimento desse hábito.

Hoje, os brasileiros já perderam o medo de comprar on-line. Seja comida, transporte particular, aluguel e até compra de imóvel são feitos digitalmente. Por que não a contratação de serviços?

Claro que existe uma construção de confiança. Ao ver uma pessoa realizar o serviço, você abre as portas da sua casa. Porém, isso é construído com o tempo e temos a honra de estar à frente desse desafio de ampliar a prestação de serviços de forma digital.

E-Investidor– Que tipo de serviços são oferecidos na plataforma?

L’Hotellier – Há mais de 500 serviços oferecidos. Temos pintor, pedreiro, professores de línguas estrangeiras, diaristas, fotógrafos, animadores de festas, psicólogos, entre outros. Todos espalhados em mais de três mil cidades em todas as regiões do País.

E-Investidor Com uma gama tão extensa de profissionais, especialidades e regiões diferentes, como clientes e investidores podem garantir que a qualidade vai manter um padrão?

L’Hotellier – O ponto inicial começa ao fazer o cadastro na plataforma. Temos um processo de validação de identidade, no qual o profissional manda o seu documento e fazemos a validação. Além disso, os clientes dão uma nota para cada prestador de serviço após o atendimento. Os prestadores de serviços bem avaliados pegam mais trabalhos. Adaptamos mecanismos de avaliação que outras plataformas como Mercado Livre e Amazon usam nos produtos, mas para serviços. Os que não demonstraram bom desempenho, por exemplo, são convidados a melhorar o atendimento. Para isso, oferecemos cursos internos, na Academia Ninja.

E-Investidor– O que é Academia Ninja e como ela funciona?

L’Hotellier – A Academia Ninja é um projeto no qual fornecemos cursos para os profissionais com o objetivo de melhorar o desempenho na sua área. Ajudamos também a trabalhar a marca pessoal, além de explicar todo o funcionamento do nosso aplicativo. Por meio da educação, os profissionais podem melhorar sua prestação de serviço. Vale ressaltar que o sistema é gratuito para os cadastrados no GetNinjas.

E-Investidor Como a empresa enfrentou as mudanças surgidas com a crise do coronavírus?

L’Hotellier – Quando a covid-19 pulverizou, foi visível uma redução rápida de serviços presenciais porque as pessoas estavam reclusas em suas residências. Ao mesmo tempo, observamos um aumento de serviços on-line, como psicologia e aula particular, por exemplo. A possibilidade de consultas digitais já existia, mas as pessoas não tinham o hábito.

Depois de três meses, vimos um aumento de solicitações de pequenos reparos. Com as pessoas mais tempo em casa, elas abrem a porta da geladeira com mais frequência, aumentando a chance de quebrar. Da mesma forma com ar-condicionado, pia e máquina de lavar.

A partir desse ponto, passamos a orientar os profissionais com protocolos: deixar sapato do lado de fora, usar máscara durante todo o serviço e fazer toda a conversa inicial pelo WhatsApp. Todo esse cuidado serve para manter a saúde tanto do cliente, como do prestador. Além disso, ajuda a fidelizar o cliente para depois da pandemia.

Como resultado, tivemos mais de 2,1 milhões de profissionais cadastrados em 2020. No primeiro trimestre deste ano, foram 512 mil, número 208% maior em relação ao mesmo período do ano anterior.

E-Investidor– Por que as pessoas deveriam investir nas ações do GetNinja?

L’Hotellier – O Brasil é um país que não tem muito a cultura do “do it yourself” (faça você mesmo), como famílias de classe média nos Estados Unidos e na Europa. Temos uma tendência de terceirizar serviços domésticos. Observando essa característica cultural e a percepção da popularização das compras on-line, vemos que a contratação digital de serviços está caminhando para uma tendência.

A GetNinjas contou com fundos renomados: Verde Asset, Miles Capital e Indie Capital foram âncoras do IPO. Esses investidores não são aventureiros e entendem sobre tecnologia e investimentos. Além disso, estamos em um mercado que ainda tem pouca competição. Com certeza saímos na frente.

Com essa captação que fizemos, estamos quilômetros à frente de outras empresas que possam surgir. Vale ressaltar que não temos dívidas e todo o valor que foi capitalizado será reinvestido para o crescimento da companhia.

Outro detalhe importante é que somos uma empresa de founders. Ou seja, desde o surgimento da ideia, até o dia a dia da empresa, eu e a equipe estamos empenhados em oferecer o melhor porque a companhia é resultado de um sonho que queremos ver crescendo cada vez mais.

Para investidores que se preocupam com ações ESG, somos uma plataforma que gera renda para milhares de profissionais autônomos do Brasil. Prezamos pela diversidade entre os nossos colaboradores, entre tantas outras frentes no âmbito sustentável, social e de governança. Essa preocupação é refletida também no preço de nossas ações.

Obviamente, temos vários desafios pela frente, mas estamos otimistas e preparados para receber clientes, profissionais autônomos e investidores que confiem na plataforma.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos