Publicidade

Mercado

Ibovespa hoje: Lojas Renner (LREN3), Engie (EGIE3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos

O índice subiu 0,44%, aos 127.548,52 pontos, e com volume negociado de R$ 21,4 bilhões

Ibovespa hoje: Lojas Renner (LREN3), Engie (EGIE3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos
Unidade da Lojas Renner na Avenida Paulista, em São Paulo. (Foto: Alex Silva/Estadão)
  • O Ibovespa subiu 0,44%, aos 127.548,52 pontos, e com volume negociado de R$ 21,4 bilhões
  • As três ações que mais valorizaram no dia foram Lojas Renner (LREN3), Engie (EGIE3) e Petrobras (PETR3)

O Ibovespa hoje terminou o dia em alta de 0,44%, aos 127.548,52 pontos, e com volume negociado de R$ 21,4 bilhões. Nesta terça-feira (2), a principal referência da B3 oscilou entre máxima a 127.654,04 pontos e mínima a 126.669,22 pontos.

O índice chegou a oscilar durante o pregão, permanecendo no campo negativo durante a tarde. Para Felipe Pohren de Castro, especialista em mercado de capitais e sócio da Matriz Capital, o movimento de cautela na Bolsa brasileira ocorre em meio às desconfianças sobre uma eventual postergação do início dos cortes dos juros nos Estados Unidos. “Na minha visão, a provável manutenção das taxas americanas por mais tempo do que o esperado para frear a inflação desestimula os investidores a buscar retornos maiores em outros mercados, como a Bolsa brasileira”, destaca.

Na reta final do pregão, o Ibovespa conseguiu se recuperar e renovou as máximas da sessão. O movimento teve como suporte o avanço de ações ligadas a commodities. Os papéis da Petrobras (PETR3;PETR4) subiram acompanhando a alta dos contratos futuros de petróleo no exterior, enquanto as ações da Vale (VALE3) avançaram após o minério de ferro registrar uma valorização de 3,09% na Bolsa de Dalian, na China.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Em Nova York, S&P 500, Dow Jones e Nasdaq caíram 0,72%, 1% e 0,95%, respectivamente. No dia, foram divulgados mais indicadores que sustentaram a tese de que o Federal Reserve (Fed) adotará uma postura cautelosa no corte de juros. O relatório Jolts apontou avanço na abertura de vagas de trabalho nos Estados Unidos em fevereiro, já as encomendas à indústria subiram mais que o esperado no mês.

Nesta terça-feira, o dólar recuou 0,02% frente ao real na sessão, atingindo R$ 5,0583. O euro, por sua vez, subiu 0,23%, sendo negociado a R$ 5,447 ao final do pregão.

As três ações que mais valorizaram no dia foram Lojas Renner (LREN3), Engie (EGIE3) e Petrobras (PETR3).

Lojas Renner (LREN3): +3,8%, R$ 17,48

As ações da Lojas Renner (LREN3) registraram a maior alta do Ibovespa no dia e subiram 3,8%, encerrando o pregão cotadas a R$ 17,48.

O movimento veio após o Bank of America (BofA) elevar a recomendação para os papéis da varejista de underperform (equivalente à venda) para compra, justificando que a companhia tem recuperado as principais capacidades de subscrição de crédito. O banco também aumentou o preço-alvo para as ações, de R$ 16,50 para R$ 21.

A LREN3 está em alta de 2,94% no mês. No ano, acumula uma valorização de 1,16%.

Engie (EGIE3): +2,76%, R$ 40,54

Quem também se saiu bem no dia foram os papéis da Engie (EGIE3), que fecharam o pregão em valorização de 2,76%, sendo negociados a R$ 40,54.

Publicidade

A EGIE3 está em alta de 0,7% no mês. No ano, acumula uma desvalorização de 10,57%.

Petrobras (PETR3): +2,72%, R$ 39,61

Na lista de maiores altas da sessão, estiveram ainda as ações ordinárias da Petrobras (PETR3), que encerraram o dia em valorização de 2,72%, cotadas a R$ 39,61. Os papéis acompanharam o avanço dos contratos futuros de petróleo no exterior. “O dólar em queda e expectativa de manutenção dos cortes de produção pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) ajudaram o desempenho da commodity”, indica Alexsandro Nishimura, economista e sócio da Nomos.

A PETR3 está em alta de 3,47% no mês. No ano, acumula uma valorização de 1,62%.

*Com Estadão Conteúdo

Web Stories

Ver tudo
<
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos