EURO R$ 5,23 -0,06% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
EURO R$ 5,23 -0,06% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Alpargatas (ALPA4), Renner (LREN3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos do dia

Índice caiu 0,16% nesta sexta-feira (6), aos 105.134,73 pontos

Ibovespa hoje: Alpargatas (ALPA4), Renner (LREN3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos do dia
Foto: AMANDA PEROBELLI/ESTADAO
  • O Ibovespa caiu 0,16% nesta sexta-feira (6), aos 105.134,73 pontos e com volume negociado de R$ 35,6 bilhões
  • Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Alpargatas (ALPA4), Renner (LREN3) e Petrobras (PETR3)

O Ibovespa caiu 0,16% nesta sexta-feira (6), aos 105.134,73 pontos e com volume negociado de R$ 35,6 bilhões. O índice começou o dia em forte queda, mas conseguiu reduzir as perdas durante o pregão. O Ibovespa seguiu as baixas das bolsas do exterior, que reagiram ao resultado do Payroll (relatório de emprego dos Estados Unidos).

Os dados do relatório reforçam a ideia de que a economia nos EUA está aquecida, mas, apesar de apontarem crescimento econômico, reforçam o cenário de inflação e assustam os investidores, que temem aumentos ainda maiores da taxa de juros pelo Fed (Federal Reserve Bank).

“Temos um movimento de saída de capital estrangeiro por conta da instabilidade global com guerra, lockdown na China e Fed subindo juros. Esses três fatores fazem com que investidores fiquem mais avessos a riscos. E o investidor global mais avesso a risco foge de países emergentes”, comenta Fabio Louzada, economista, analista CNPI.

Em Nova York, o S&P 500 e Dow Jones fecharam o dia em queda de 0,56% e 0,29%, respectivamente. Já Nasdaq sofreu uma perda de 1,40%.

Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Alpargatas (ALPA4), Renner (LREN3) e Petrobras (PETR3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Alpargatas (ALPA4): + 7,44%, R$ 21,23

As ações da Alpargatas lideraram as altas, subindo 7,44%, cotadas a R$ 21,23, após a empresa divulgar o balanço do primeiro trimestre de 2022.

Os resultados ficaram acima das expectativas do mercado, com a receita líquida tendo alta de 9% em relação ao mesmo período do ano passado e as operações internacionais apresentando crescimento.

No mês, as ações da Alpargatas têm alta de 8,32%. No ano, há 42,43% de desvalorização.

Renner (LREN3): + 5,99%, R$ 24,24

Os papéis da Renner valorizaram em 5,99%, cotados a R$ 24,24, após a divulgação do balanço do primeiro trimestre de 2022 da empresa. A Renner apresentou lucro líquido de R$ 191,6 milhões no período.

Em maio, os papéis LREN3 têm alta de 2,06%. No ano, acumulam queda de 0,33%.

Petrobras (PETR3): + 3,78%, R$ 35,69

Os papéis PETR3 tiveram alta de 3,78%, cotados a R$ 35,69, reagindo ao balanço da empresa, que foi divulgado na quinta-feira (5) após o fechamento do pregão. O lucro líquido foi de R$ 44,5 bilhões, alta de 3.718% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Após o presidente Jair Bolsonaro (PL) criticar os lucros da companhia, o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, defendeu a manutenção da política de preços, que segue as cotações internacionais.

As ações PETR3 têm alta de 6,73% em maio. No ano, acumulam desempenho positivo de 26,11%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos