ITUB4 R$ 23,31 -4,78% MGLU3 R$ 12,13 -2,26% DÓLAR R$ 5,73 +1,26% EURO R$ 6,67 +1,26% BBDC4 R$ 20,14 -5,22% IBOVESPA 104.069,17 pts -3,40% GGBR4 R$ 26,61 +0,19% PETR4 R$ 26,18 -4,63% ABEV3 R$ 14,77 -2,44% VALE3 R$ 76,21 +1,40%
ITUB4 R$ 23,31 -4,78% MGLU3 R$ 12,13 -2,26% DÓLAR R$ 5,73 +1,26% EURO R$ 6,67 +1,26% BBDC4 R$ 20,14 -5,22% IBOVESPA 104.069,17 pts -3,40% GGBR4 R$ 26,61 +0,19% PETR4 R$ 26,18 -4,63% ABEV3 R$ 14,77 -2,44% VALE3 R$ 76,21 +1,40%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Copel (CPLE6), Totvs (TOTS3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos

Ibovespa subiu 0,83% entre os pregões de 2 a 6 de agosto, passando de 121.800,79 pontos para 122.810,36 pontos

fachada-petrobras
(Foto: Shutterstock)
  • Ibovespa subiu 0,83% entre os pregões de 2 a 6 de agosto, passando de 121.800,79 pontos para 122.810,36 pontos
  • As três ações que mais subiram ao longo dos cinco pregões foram: Copel (CPLE6), Totvs (TOTS3) e Petrobras (PETR3)

O Ibovespa subiu 0,83% entre os pregões de 2 a 6 de agosto, passando de 121.800,79 pontos para 122.810,36 pontos. Na semana, preocupações com as questões fiscais e políticas impediram que o índice intensificasse a recuperação, apesar dos resultados positivos das empresas no 2º trimestre e do viés mais positivo no exterior.

Nos EUA, por exemplo, a divulgação de números acima das expectativas para o Payroll (Relatório do Emprego) impulsionou certo otimismo em Nova York. Por aqui, a questão dos precatórios e do novo Auxílio Brasil, programa que deve substituir o Bolsa Família com valor 50% maior, ainda colocam dúvidas sobre o controle dos gastos pelo Governo.

“Todo tipo de contorno ao teto de gastos, ainda mais nesse momento, é um retrocesso no arcabouço fiscal brasileiro, que gerou tantos benefícios em passado recente”, afirmou Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, em morning call de hoje. “A dicotomia entre determinadas alíneas do orçamento e os precatórios é inexistente. Trata-se apenas de uma estratégia populista para melhorar a aceitação dessa proposta que não tem o menor cabimento econômico.”

Paralelamente, o avanço da variante Delta do coronavírus segue penalizando principalmente o segmento de varejo e turismo. Na segunda (2), terça (3) e sexta (6), o principal índice de ações da B3 registrou altas de 0,59%, 0,87% e 0,97%, respectivamente. Já na quarta (4) e quinta (5), o indicador fechou com baixas de 1,44% e 0,14%.

As três ações que mais subiram ao longo dos cinco pregões foram: Copel (CPLE6), Totvs (TOTS3) e Petrobras (PETR3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Copel (CPLE6): +7,35%, R$ 6,55

Os papéis da Copel subiram 7,35% na semana, cotados a R$ 6,55. Os ativos foram impulsionados pelos balanços da Eneva e Engie, também do setor de energia, que foram bem recebidos pelo mercado. A empresa também aprovou o pagamento de R$ 1,3 bilhão em dividendos e juros sobre capital próprio (JCP).

As ações estão caindo 4,78% no ano.

Totvs (TOTS3): +5,67%, R$ 37,26

Após os números fortes apresentados no balanço do 2º trimestre, o BTG Pactual elevou o preço-alvo para os papéis da Totvs para R$ 45.

Entre os destaques dos resultados, estão dados a respeito do software RD Station, cujo faturamento atingiu R$ 54,2 milhões. Na semana, a TOTS3 saltou 5,67%, para R$ 37,26.

As ações estão subindo 30,48% no ano.

Petrobras (PETR3): +5,56%, R$ 29,11

Os números da Petrobras para o 2º trimestre também surpreenderam positivamente o mercado. Entre os destaques do balanço, estão a antecipação dos dividendos e redução da alavancagem. Na semana, o salto foi de 5,56%, para R$ 29,11.

Os papéis subindo 4,05% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos