MGLU3 R$ 3,67 -1,61% EURO R$ 5,15 -1,26% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% PETR4 R$ 34,95 +2,28% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
MGLU3 R$ 3,67 -1,61% EURO R$ 5,15 -1,26% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% PETR4 R$ 34,95 +2,28% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Soma (SOMA3), JHSF (JHSF3) e Carrefour (CRFB3) são os destaques positivos

O Ibovespa subiu 2,72% na semana, passando de 107.937 pontos para 111.910 pontos

Ibovespa na semana: Soma (SOMA3), JHSF (JHSF3) e Carrefour (CRFB3) são os destaques positivos
Fachada do Carrefour. Foto: Regis Duvignau/Reuters
  • Índice subiu 2,72% entre 24 e 28 de janeiro, passando de 107.937 pontos para 111.910 pontos
  • Os três papéis que mais valorizaram nos cinco pregões foram Soma (SOMA3), JHSF (JHSF3) e Carrefour (CRFB3)

O Ibovespa subiu 2,72% entre 24 e 28 de janeiro, passando de 107.937 pontos para 111.910 pontos. O índice repetiu o feito da semana anterior, quando alcançou três altas consecutivas pela primeira vez no ano,.

“Após três altas seguidas, o Ibovespa realizou lucros recentes, em grande parte devido ao desempenho das duas ações de maior peso do índice, com Petrobras e Vale em queda mesmo com o avanço das commodities no mercado internacional”, explica Alexsandro Nishimura, economista, head de conteúdo e sócio da BRA, sobre o desempenho do IBOV nesta sexta-feria (28).

Na segunda (24) e nesta sexta (28), o principal índice de ações da B3 fechou as sessões com quedas de 0,92% e 0,62%. Na terça (25), quarta (26) e quinta (27), o Ibov fechou com altas de 2,10%, 0,98% e 1,19%, respectivamente.

Os três papéis que mais valorizaram nos cinco pregões foram Soma (SOMA3), JHSF (JHSF3) e Carrefour (CRFB3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Soma (SOMA3): +14,81%, R$ 14,2

Em semana de anúncio do Fed, sinalizando que vai voltar a aumentar os juros, o setor de varejo foi menos penalizado. Entre as varejistas, a ação do Grupo Soma disparou na quarta (26). Muito descontado, o papel saltou 9,76%, se firmando na ponta mais alta do índice naquele dia.

As ações sobem 12,02% no mês.

JHSF (JHSF3): +13,35%, R$ 6,20

Apesar de não ter figurado entre as três maiores altas nas sessões desta semana, a empresa ficou com a segunda melhor marca semanal. Na segunda (24), o Conselho de Administração da JHSF aprovou, por unanimidade, a realização da 11ª emissão de 200 mil debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única, no valor total de R$ 200 milhões.

As ações sobem 11,11% no mês.

Carrefour (CRFB3): +11,23%, R$ 16,54

Nesta semana, o papel acumulou ganhos com a notícia, veiculada na terça (25), de que a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou a aprovação da aquisição do Grupo Big Brasil pelo Atacadão, afiliada brasileira do Grupo Carrefour. A decisão final deve sair até junho.

As ações sobem 8,46% no mês.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos