DÓLAR R$ 5,69 +0,11% EURO R$ 6,78 +0,26% ITUB4 R$ 26,93 +1,09% MGLU3 R$ 21,76 +0,42% BBDC4 R$ 25,39 +0,75% PETR4 R$ 23,85 +0,85% ABEV3 R$ 15,50 +0,91% IBOVESPA 118.547,56 pts +0,75% GGBR4 R$ 31,01 -0,35% VALE3 R$ 103,47 +0,46%
DÓLAR R$ 5,69 +0,11% EURO R$ 6,78 +0,26% ITUB4 R$ 26,93 +1,09% MGLU3 R$ 21,76 +0,42% BBDC4 R$ 25,39 +0,75% PETR4 R$ 23,85 +0,85% ABEV3 R$ 15,50 +0,91% IBOVESPA 118.547,56 pts +0,75% GGBR4 R$ 31,01 -0,35% VALE3 R$ 103,47 +0,46%
Delay: 15 min
Mercado

Mercado Intraday: Discurso do presidente do Fed no radar dos investidores

Gráfico com as cotações com rapaz à frente
Gráfico com cotações (FOTO:Suamy Beydoun/AGIF/Estadão Conteúdo)
  • Os investidores seguem preocupados ainda com a falta de insumos para fabricação das vacinas  contra a covid-19 no pais.  Contudo, avaliam também as indicações do presidente, após evento recente no qual se comprometeu a aumentar os esforços na campanha de vacinação

As bolsas da Europa tiveram uma sessão de ganhos, apoiadas  pela leitura da ata do Banco Central Europeu publicada essa manhã indicando otimismo em relação a estímulos, e em meio à divulgação de dados melhores do que o esperado de encomendas à indústria da Alemanha. Os índices acionários de Nova York operam no campo positivo, um dia após o banco central americano indicar que não pretende mexer nos estímulos monetários por enquanto, minimizando a preocupação com as pressões inflacionárias. Nos mercados, o somatório destes fatores induz a queda do dólar e dos rendimentos dos Treasuries. Ainda no exterior, segue no radar o Encontro de Primavera do FMI, que terá a participação do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell às 13h.

No cenário doméstico, o Ibovespa negociava próximo as 13 horas em alta de 0,7%, aos 118.400 pontos. Os investidores seguem preocupados ainda com a falta de insumos para fabricação das vacinas  contra a covid-19 no pais.  Contudo, avaliam também as indicações do presidente, após evento recente no qual se comprometeu a aumentar os esforços na campanha de vacinação. Entre as ações figuram como destaque de alta Magazines Luiza, Via Varejo e Hypermarcas e no campo negativo Hapvida Grupo NotreDame Intermédica e Multiplan. O dólar desacelerou a baixa inicial  e era cotado no início da tarde em R$ 5,60, refletindo o tom mais amenos do Bancos Centrais. Preocupações com o Orçamento de 2021 limitam a queda da divisa americana.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos