EURO R$ 5,15 -1,26% MGLU3 R$ 3,67 -1,61% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% PETR4 R$ 34,95 +2,28% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
EURO R$ 5,15 -1,26% MGLU3 R$ 3,67 -1,61% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% PETR4 R$ 34,95 +2,28% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
Delay: 15 min
Mercado

Mercado Intraday: Ibovespa ganha tração puxado por Vale e Petrobras

Mercado Intraday: Ibovespa ganha tração puxado por Vale e Petrobras
Foto: Shutterstock

Na madrugada, na Ásia, a maioria das bolsas também fechou em queda com investidores de olho nos próximos passos do Fed. Nesta terça-feira, a perspectiva de alta de juros nos EUA coloca em baixa também as bolsas europeias e os índices das bolsas de NY. A baixa é mais acentuada no caso da Nasdaq, diante da desvalorização das ações de tecnologia, que são as mais penalizadas no cenário de juros mais elevados. O balanço decepcionante do Goldman Sachs, dispara um alerta sobre os resultados do setor financeiro. Os rendimentos dos Treasuries de dois e dez anos alcançam os níveis mais altos em dois anos.

No mercado de commodities, os contratos futuros de petróleo operaram em alta de até quase 2% na madrugada, ampliando ganhos recentes, em meio a tensões no Oriente Médio. No Brasil, desde cedo, predominou a volatilidade, com pequenas oscilações, tanto na bolsa quanto no dólar. Às 13h30, o Ibovespa ganha alguma tração, acima dos 106,5 mil pontos, puxado por Vale e Petrobras. O dólar à vista é negociado a R$ 5,53, depois de variar de R$ 5,50 a R$ 5,55. A mobilização de servidores públicos por reajuste salarial está no radar

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos