Mercado

GetNinjas (NINJ3) promove assembleia e acionistas rejeitam redução de capital

Empresa se vê diante de uma disputa entre a atual administração e uma das principais gestoras em sua base de acionistas.

GetNinjas (NINJ3) promove assembleia e acionistas rejeitam redução de capital
Eduardo L'Hotellier, CEO da GetNinjas. Foto: Divulgação GetNinjas

A GetNinjas (NINJ3) promoveu uma assembleia na tarde desta segunda-feira (23) e os acionistas rejeitaram a redução de capital proposta pela companhia, com 53,5% optando pelo não, contra 37% posicionados no sim.

De acordo com o analista da Levant Corp, Matheus Nascimento, o caso é emblemático porque se trata do epicentro de uma disputa societária envolvendo o fundador e CEO, Eduardo L’Hotellier, e a gestora Reag, liderada por João Carlos Mansur. “Esta contenda pode impactar substancialmente o destino da empresa e o valor de suas ações”, disse.

Nascimento lembrou que a GetNinjas realizou abertura de capital em maio de 2021, no auge de uma série de 46 IPOs na B3 (B3SA3) e, naquela época, as empresas de alto crescimento, especialmente aplicativos e plataformas de comércio eletrônico, estavam em alta devido ao boom inicial da pandemia. “A empresa foi avaliada em R$ 1 bilhão, mas o cenário mudou consideravelmente desde então”, destacou.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

O analista explicou que a disputa atual gira em torno da redução de capital proposta pelo CEO L’Hotellier. Esta medida, que envolve a devolução de R$ 220 milhões dos R$ 270 milhões em caixa, equivalendo a R$ 4,40 por ação, gerou controvérsia entre os acionistas. A Reag Investimentos, agora a maior acionista da GetNinjas, adquirindo mais de 25% das ações, busca destituir o conselho de administração e impedir a redução de capital. Em vez disso, a Reag pretende utilizar o caixa para aquisições, de acordo com o que estava previsto no prospecto do IPO, mas não se concretizou devido ao aumento das taxas de juros.

“O cronograma da situação é um elemento de incerteza, já que a Reag afirma que a Oferta Pública de Aquisição (OPA) ocorrerá antes da devolução do capital. Isso levanta perguntas sobre como as etapas subsequentes se desenvolverão, uma vez que há prazos legais e rituais a serem seguidos”, frisou, acrescentando que como resultado dessa disputa, as ações da GetNinjas sofreram uma desvalorização substancial, fechando a R$ 4,41 na última sexta-feira (20), muito abaixo do preço de IPO de R$ 20.