MGLU3 R$ 7,05 +4,29% EURO R$ 6,40 +0,24% BBDC4 R$ 20,76 -0,29% ITUB4 R$ 22,98 -0,35% DÓLAR R$ 5,66 +0,06% IBOVESPA 105.069,69 pts +0,58% ABEV3 R$ 16,00 -0,06% PETR4 R$ 28,76 +1,41% GGBR4 R$ 27,85 +0,69% VALE3 R$ 71,87 -2,20%
MGLU3 R$ 7,05 +4,29% EURO R$ 6,40 +0,24% BBDC4 R$ 20,76 -0,29% ITUB4 R$ 22,98 -0,35% DÓLAR R$ 5,66 +0,06% IBOVESPA 105.069,69 pts +0,58% ABEV3 R$ 16,00 -0,06% PETR4 R$ 28,76 +1,41% GGBR4 R$ 27,85 +0,69% VALE3 R$ 71,87 -2,20%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Intermedica (GNDI3), Energisa (ENGI11) e EDP Brasil (ENBR3) são os destaques negativos do dia

Índice subiu 0,67%, aos 129.264,96 pontos e com volume negociado de R$ 26,6 bilhões

Escritório da NotreDame Intermédica
Escritório da NotreDame Intermédica. Foto: Divulgação/NotreDame Intermédica
  • O Ibovespa subiu 0,67% nesta segunda-feira (21), aos 129.264,96 pontos e com volume negociado de R$ 26,6 bilhões
  • Os três papéis que mais desvalorizaram foram Intermédica (GNDI3), Energisa (ENGI11) e EDP Brasil (ENBR3)

O Ibovespa subiu 0,67% nesta segunda-feira (21), aos 129.264,96 pontos e com volume negociado de R$ 26,6 bilhões. O dia foi de retomada de apetite ao risco, com a repercussão positiva das declarações dos presidentes do Federal Reserve (banco central americano) de St. Louis e de Dallas, James Bullard e Robert Kaplan, de que a retirada de estímulos da economia americana iria levar algum tempo.

A votação da MP da Eletrobras na Câmara também ficou no radar dos investidores durante o pregão. Em Nova York, o Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq fecharam as negociações com altas de 1,76%, 1,40% e 0,79%, respectivamente.

Os três papéis que mais desvalorizaram foram Intermédica (GNDI3), Energisa (ENGI11) e EDP Brasil (ENBR3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Intermédica (GNDI3): -2,51%, R$ 84,50

Os papéis da Intermédica caíram 2,51% no pregão, aos R$ 84,50, após registrarem altas na sexta-feira (18), com a aprovação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) do acordo de incorporação da Hapvida.

As ações caem 4,40% no mês, mas no ano acumulam valorização de 8,24%.

Energisa (ENGI11): -1,96%, R$ 47,55

Os papéis da companhia de energia seguem impactos pelos temores relacionados a uma possível crise hídrica e revisão das bandeiras tarifárias. As ações da Energisa fecharam em baixa de 1,96%, aos R$ 47,55.

No mês as ações sobem 2,32%. mas no ano, estão em queda de 6,97%.

EDP Brasil (ENBR3): -1,83%, R$ 18,82

Também do segmento de energia, a EDP Brasil teve os papéis impactados. As baixas foram de 1,83%, aos R$ 18,82.

As ações sobem 0,91% no mês e 0,64% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos