EURO R$ 6,04 +0,21% DÓLAR R$ 5,34 +0,05% ITUB4 R$ 26,88 -0,26% MGLU3 R$ 79,60 +0,25% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.171,57 pts +0,01% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,65 +0,07% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
EURO R$ 6,04 +0,21% DÓLAR R$ 5,34 +0,05% ITUB4 R$ 26,88 -0,26% MGLU3 R$ 79,60 +0,25% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.171,57 pts +0,01% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,65 +0,07% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
Delay: 15 min

Campos Neto: crise pode ser mais longa e desvio fiscal pode ser maior

  • (Estadão Conteúdo) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reconheceu há pouco que a crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus "pode ser mais longa e o desvio fiscal pode ser maior".

  • Durante evento virtual "Infra para crescer - Caminhos para superar a crise", organizado pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), ele ressaltou que o governo, atualmente, está fazendo um "desvio fiscal", mas com a indicação de que voltará para "os trilhos".

  • Em função da crise, o governo federal lançou nos últimos meses uma série de programas de auxílio a famílias e empresas. Boa parte deles aumenta as despesas do Tesouro, o que prejudica o controle fiscal.

  • No início de maio, por conta dos gastos com a crise, o Ministério da Economia estimou um rombo de R$ 601,2 bilhões para o setor público em 2020, o que equivale a 8,27% do Produto Interno Bruto (PIB).

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos
EURO R$ 6,04 +0,21% DÓLAR R$ 5,34 +0,05% ITUB4 R$ 26,88 -0,26% MGLU3 R$ 79,60 +0,25% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.171,57 pts +0,01% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,65 +0,07% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
EURO R$ 6,04 +0,21% DÓLAR R$ 5,34 +0,05% ITUB4 R$ 26,88 -0,26% MGLU3 R$ 79,60 +0,25% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.171,57 pts +0,01% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,65 +0,07% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
Delay: 15 min

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos