MGLU3 R$ 2,43 -0,40% EURO R$ 5,54 -0,13% ITUB4 R$ 23,58 +0,98% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% BBDC4 R$ 18,17 +1,79% IBOVESPA 100.763,60 pts +2,12% VALE3 R$ 78,05 +5,19% GGBR4 R$ 23,50 +1,94% PETR4 R$ 27,98 +6,96% ABEV3 R$ 13,72 +0,95%
MGLU3 R$ 2,43 -0,40% EURO R$ 5,54 -0,13% ITUB4 R$ 23,58 +0,98% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% BBDC4 R$ 18,17 +1,79% IBOVESPA 100.763,60 pts +2,12% VALE3 R$ 78,05 +5,19% GGBR4 R$ 23,50 +1,94% PETR4 R$ 27,98 +6,96% ABEV3 R$ 13,72 +0,95%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Por unanimidade, Copom mantém a Selic em 2% ao ano

(Estadão Conteúdo) – O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, por unanimidade, manter a Selic (a taxa básica da economia) em 2,00% ao ano. Esta é a primeira vez, após nove cortes consecutivos, que a Selic não sofre alteração. Ainda assim, a taxa está no piso da série histórica do Copom, iniciada em junho de 1996. A decisão era largamente aguardada pelo mercado financeiro. De um total de 48 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, todas esperavam pela manutenção da Selic em 2,00% ao ano no encontro de hoje do Copom. Para 43 das 48 casas que enviaram estimativas, o mais provável é que o ciclo de reduções da taxa tenha se encerrado em agosto.

Ao justificar a decisão de hoje, o BC avaliou que a manutenção da Selic é compatível com a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante, que inclui o ano de 2021 e, em grau menor, o de 2022. O colegiado destacou que a decisão reflete um balanço de riscos de variância maior do que a usual para a inflação prospectiva. No documento, o BC também atualizou suas projeções para a inflação.

No cenário híbrido que utiliza câmbio fixo e juros do mercado financeiro, conforme o Relatório de Mercado Focus, o BC alterou sua projeção para o IPCA em 2020 de 1,9% para 2,1%. No caso de 2021, a expectativa passou de 3,0% para 2,9% e, no de 2022, foi de 3,4% para 3,3%. No comunicado de hoje, o BC também optou por divulgar seu cenário de referência, com câmbio constante a R$ 5,30 e Selic constante em 2,00% ao ano. Neste caso, a projeção do IPCA para 2020 passou de 1,9% para 2,1% ao ano.

Para 2021, seguiu em 3,0% e, no caso de 2022, passou de 3,7% para 3,8%. Como em comunicados anteriores, o BC não publicou o cenário de mercado, que utiliza projeções para câmbio e juros do relatório Focus. O cenário de mercado vem sendo atualizado apenas no Relatório Trimestral de Inflação. O centro da meta de inflação perseguida pelo BC em 2020 é de 4,00%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto porcentual (índice de 2,50% a 5,50%).

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos