MGLU3 R$ 8,06 -7,36% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
MGLU3 R$ 8,06 -7,36% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Bolsas da Europa caem majoritarimente

O tom mais agressivo do Fed, que contrastou com a postura "dovish" do Banco Central Europeu

(Estadão Conteúdo) – As bolsas europeias operam majoritariamente em baixa na manhã desta quinta-feira (17), um dia após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) adotar tom mais “hawkish” (favorável à retirada de estímulos) do que o esperado e sinalizar que poderá antecipar o processo de elevação de juros.

O tom mais agressivo do Fed, que contrastou com a postura “dovish” do Banco Central Europeu (BCE) de manter os estímulos monetários no ritmo atual, prejudicou o apetite por risco na Europa.

Às 7h33 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 caía 0,35%, a 458,24 pontos. A Bolsa de Londres caía 0,51%, a de Frankfurt recuava 0,08% e a de Paris se desvalorizava 0,06%. Já as de Milão e Lisboa perdiam 0,18% e 0,51%, respectivamente. Exceção, a de Madri subia 0,27%.

No câmbio, o euro cedia a US$ 1,1933, de US$ 1,2012 no fim da tarde de ontem, enquanto a libra se enfraquecia a US$ 1,3946, de US$ 1,4005 ontem, em meio a uma tendência de forte valorização do dólar após a decisão do Fed.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos