EURO R$ 6,61 +0,61% MGLU3 R$ 24,64 -0,88% BBDC4 R$ 24,01 -0,70% ITUB4 R$ 26,85 -1,47% DÓLAR R$ 5,41 +0,05% ABEV3 R$ 14,68 -0,07% VALE3 R$ 97,93 +1,01% IBOVESPA 115.667,78 pts +0,38% PETR4 R$ 24,40 +1,41% GGBR4 R$ 27,14 +5,48%
EURO R$ 6,61 +0,61% MGLU3 R$ 24,64 -0,88% BBDC4 R$ 24,01 -0,70% ITUB4 R$ 26,85 -1,47% DÓLAR R$ 5,41 +0,05% ABEV3 R$ 14,68 -0,07% VALE3 R$ 97,93 +1,01% IBOVESPA 115.667,78 pts +0,38% PETR4 R$ 24,40 +1,41% GGBR4 R$ 27,14 +5,48%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Com Treasuries, bolsas da Europa seguem outros mercados e recuam

  • Às 7h06 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 tinha queda de 0,74%, a 411,80 pontos

(Estadão Conteúdo) – As bolsas europeias operam em baixa desde a abertura dos negócios desta segunda-feira, seguindo a tendência dos índices futuros dos mercados acionários de Nova York e da maioria das bolsas asiáticas, em meio a preocupações com o rápido avanço dos juros dos Treasuries.

Às 7h06 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 tinha queda de 0,74%, a 411,80 pontos. No mesmo horário, os futuros de Wall Street recuavam entre 0,5% e 1%. Na Ásia, a maioria das bolsas fechou em terreno negativo hoje, também pressionadas por temores de que a China possa estar se preparando para apertar sua política monetária diante de sinais de que sua economia continua se recuperando dos impactos da pandemia de covid-19.

Investidores estão também atentos aos Treasuries desde a semana passada, quando o juro da T-note de 10 anos atingiu os maiores níveis em 12 meses, patamar que vem se mantendo. Um aumento muito rápido do retorno dos Treasuries pode prejudicar empresas de forte crescimento que dependem de crédito barato e, ao mesmo tempo, diminui a atratividade das ações.

Por outro lado, o índice Ifo de sentimento das empresas da Alemanha surpreendeu positivamente, ao avançar para 92,4 pontos em fevereiro, ajudando a limitar as perdas das bolsas europeias. Nas próximas horas, investidores vão acompanhar um discurso da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, assim como falas de dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Também às 7h06 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,81%, a de Paris recuava 0,59% e a de Frankfurt se desvalorizava 0,60%. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham perdas de 0,75%, 0,63% e 0,86%, respectivamente. No câmbio, o euro recuava a US$ 1,2114, de US$ 1,2122 no fim da tarde de sexta-feira, mas a libra se fortalecia a US$ 1,4022, de US$ 1,4006 na sexta.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos