Tempo Real

CPI dos EUA mostra que corte de juros pode demorar, diz ModalMais

CPI subiu 0,4% em setembro ante agosto e supera expectativas dos analistas

CPI dos EUA mostra que corte de juros pode demorar, diz ModalMais
Foto: Envato Elements

O resultado acima do esperado do CPI americano e do núcleo do indicador remete a um cenário de taxas mais altas de juros nos Estados Unidos, avalia Fernando Damasceno, estrategista de renda variável do ModalMais. Ele lembra que o payroll forte relativo a setembro, informado na sexta-feira, e o PPI divulgado nesta quarta-feira (12), corroboram essa ideia.

Os números indicam que há uma pressão muito grande em relação à inflação e que talvez os juros americanos não parem em 4,5% como alguns estimam. “Os números mantêm as apostas de alta de 0,75 ponto. A questão é onde os juros vão parar”, diz.

A despeito desta percepção, Damasceno avalia ser cedo para estimar aumento de um ponto porcentual dos FED funds no Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) em novembro. “É prematuro dizer até onde os juros vão. O mercado pode precificar que um corte de juros fica cada vez mais longe”, avalia.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Web Stories

Ver tudo
<
Como identificar uma nota falsa?
Quanto custa comer na melhor pizzaria da América Latina, que fica em SP?
D.O.M: saiba quanto custa comer em um dos 100 melhores restaurantes da América Latina
Como receber pensão vitalícia na união estável?
Quanto Madonna já ganhou na loteria?
Quanto custa comer no 2º restaurante mais caro do mundo? Descubra
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
Como investir em IA para ganhar dinheiro?
5 passos para planejar a independência financeira dos seus filhos
Como identificar as notas antigas do real que saíram de circulação?
Reforma tributária: quais alimentos terão imposto zerado ou reduzido? Confira lista
>