MGLU3 R$ 25,99 +1,96% DÓLAR R$ 5,47 +0,00% EURO R$ 6,66 +0,03% BBDC4 R$ 25,01 -1,84% IBOVESPA 117.380,49 pts -0,80% ITUB4 R$ 29,27 -2,14% PETR4 R$ 27,09 -1,67% ABEV3 R$ 15,15 -2,95% VALE3 R$ 93,17 -0,20% GGBR4 R$ 25,36 +1,36%
MGLU3 R$ 25,99 +1,96% DÓLAR R$ 5,47 +0,00% EURO R$ 6,66 +0,03% BBDC4 R$ 25,01 -1,84% IBOVESPA 117.380,49 pts -0,80% ITUB4 R$ 29,27 -2,14% PETR4 R$ 27,09 -1,67% ABEV3 R$ 15,15 -2,95% VALE3 R$ 93,17 -0,20% GGBR4 R$ 25,36 +1,36%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Itaú/Barbosa: Pior momento do emprego já passou

  • O Caged mostrou saldo positivo de 394.989 vagas formais em outubro, recorde histórico

(Estadão Conteúdo) – O resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de outubro foi bastante positivo e mostra que o pior momento do emprego formal já ficou para trás na crise provocada pela pandemia de coronavírus, avalia o economista Luka Barbosa, do Itaú Unibanco.

Segundo o economista, a retomada econômica que já está em curso predomina sobre a expiração de programas emergenciais de emprego e renda. Por isso, quando forem retirados, a recuperação do emprego deve continuar. “Não vejo duplo mergulho do emprego”, disse. O Caged mostrou saldo positivo de 394.989 vagas formais em outubro, recorde histórico, superando o teto da pesquisa do Projeções Broadcast, de 340.000.

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos