EURO R$ 5,23 +0,01% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
EURO R$ 5,23 +0,01% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Juros: Curva fecha de acordo com melhora no exterior pré-Copom e Fed

O vencimento para janeiro de 2023 recuava para 13,640%, de 13,698% no ajuste anterior

Juros: Curva fecha de acordo com melhora no exterior pré-Copom e Fed
Ações com DYT acima de 10% atraem investidores em um cenário de alta na taxa básica de juros. (Fonte: Zakharchuk/Shutterstock/reprodução)

Por Luciana Xavier – A curva de juros começa a superquarta com fechamento de taxas, acompanhando o movimento do dólar, petróleo e juros dos Treasuries antes das decisões de política monetária do Copom e do Federal Reserve (Fed).

Além disso, o mercado monitora a reunião extraordinária do Banco Central Europeu (BCE), que acaba de divulgar comunicado. Às 9h14, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 caía a 12,90%, de 13,01% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2025 recuava para 12,98%, e o para janeiro de 2024 caía para 13,58%, de 13,66%. O vencimento para janeiro de 2023 recuava para 13,640%, de 13,698% no ajuste anterior.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos