Tempo Real

Relatório da XP mostra quais foram os melhores fundos de ações em 2023

De acordo com o levantamento, o destaque ficou com os fundos de ações internacionais, com ganhos de 23,94%

Relatório da XP mostra quais foram os melhores fundos de ações em 2023
(Foto: Envato Elements)

Estar investido em renda variável é mais importante que a tentativa de fazer o chamado “market timing”, ou seja, prever o melhor momento de entrada ou saída em um ativo. Ainda, no caso de fundos de ações, a diligência e seleção são essenciais. A avaliação é da XP, conforme relatório antecipado ao Broadcast Investimentos.

“Acreditamos que, em renda variável, o mais importante é estar investido, escolhendo de forma extremamente diligente os seus fundos de ações e/ou a composição da sua carteira. Entendemos que dada a complexidade do mercado acionário, a melhor opção é selecionar os melhores gestores de fundos de ações, que possuem estratégia e disciplina para seguir seus mandatos de escolher ações de boas empresas com bons potenciais de ganho no longo prazo”, descreve a XP.

O documento traz uma análise dos melhores fundos de ações de 2023. De acordo com o levantamento, o grande destaque ficou com os fundos de ações internacionais, com ganhos de 23,94% no acumulado do ano, seguidos pelos fundos de ações long only, ou seja, apenas comprados (+21,6%) e long biased, que podem ter posições vendidas, mas possuem um “viés comprado”(+18,3%). No período, o Ibovespa subiu 22,3%.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

“Os fundos de ações internacionais seguiram a tendência das bolsas globais e encerraram o ano com uma performance positiva no geral”, afirma a XP. No Brasil, a retomada dos ativos de risco, em especial a partir do mês de outubro, foi o que apoiou os fundos long only e long biased. Para a XP, foi “um ano volátil que reforçou a importância de se ter uma estratégia de investimentos focada no longo prazo”.

O relatório da XP faz a ressalva de que “o retorno passado não deve ser tomado como premissa única de alocação em qualquer investimento”. “Quando falamos do mercado acionário, se faz ainda mais importante olhar para frente para entender se existem oportunidades a frente, por exemplo: quando falamos de investimentos em fundos de ações brasileiras, de olho no ciclo de queda de juros que se iniciou no mês de agosto, temos um retorno esperado ao ano bastante atrativo na renda variável brasileira”, diz.

Melhores fundos de ações em 2023

O relatório da XP traz os fundos de ações internacionais, long only e long biased com melhores performances em 2023. A lista considera apenas fundos abertos na plataforma da XP, com patrimônio líquido (PL) mínimo de R$ 100 milhões (fundos locais) e R$ 50 milhões (fundos internacionais), e com gestão ativa.

Entre os melhores fundos de ações internacionais estão Arbor Global Equities BRL FIC FIA BDR Nível I (+55,8%), Franklin Clearbridge Ações EUA Growth (+49,0%), AXA WF Framlington Digital Economy Advisory FIC FIA (+42,3%), Opportunity Global Equity Real FIC FIA BDR Nível I (+39,9%), Western Asset US Index 500 (+33,0%), AXA WF Framlington Robotech Advisory (+31,9%), WHG Global Long Biased BRL (+29,7%), Wellington Ventura Advisory (+25,6%), Verde AM Mundi Ações Globais (+25,6%) e Morgan Stanley Global Brands Advisory (+20,9%).

Já a lista com os melhores fundos long only contém Alaska Black FIC Ações BDR Nível Iv (58,7%), TB Advisory FIC FIA BDR Nível I (+49,9%), Guepardo Institucional (+40,6%), Real Investor BDR Nível I (+39%), SUNO FIC FIA (+37,72%), Alaska Institucional (+35,6%), Opportunity Selection FIC FIA (+35,4%), SPX Patriot FIC FIA (+33,2%), Leblon Ações FIC FIA (+31,26%) e AZ Quest Bayes Sistemático Ações FIA (+30,6%).

E entre os melhores fundos long biased estão Vista Long Biased Advisory (+32,86%), Alpha Key Ações (+32,71%), Tork Advisory 60 (+28,84%), Absolute Pace Long Biased Advisory (+27,73%), Kapitalo Tarkus Advisory (+27,63%), AZ Quest TOP Long Biased (+26,70%), Vinci Total Return (+26,49%), Oceana Long Biased Advisory (+25,72%), JGP Equity FIC FIM (+23,20%) e Encore LB Advisory FIC FIM (+21,93%).

Publicidade