MGLU3 R$ 7,05 +4,29% EURO R$ 6,40 +0,24% BBDC4 R$ 20,76 -0,29% ITUB4 R$ 22,98 -0,35% DÓLAR R$ 5,66 +0,06% IBOVESPA 105.069,69 pts +0,58% ABEV3 R$ 16,00 -0,06% PETR4 R$ 28,76 +1,41% GGBR4 R$ 27,85 +0,69% VALE3 R$ 71,87 -2,20%
MGLU3 R$ 7,05 +4,29% EURO R$ 6,40 +0,24% BBDC4 R$ 20,76 -0,29% ITUB4 R$ 22,98 -0,35% DÓLAR R$ 5,66 +0,06% IBOVESPA 105.069,69 pts +0,58% ABEV3 R$ 16,00 -0,06% PETR4 R$ 28,76 +1,41% GGBR4 R$ 27,85 +0,69% VALE3 R$ 71,87 -2,20%
Delay: 15 min
Live E-Investidor

Como organizar as finanças para lidar com a inflação alta?

Live do E-Investidor debateu sobre o tema e deu dicas para melhor gerir o dinheiro em tempos de alta nos preços

  • Inflação no Brasil pode terminar 2021 maior que em 83% dos países, segundo pesquisa da FGV
  • O principal ponto apontado pelos especialistas é ter um conhecimento dos seus gastos para poder se planejar em relação às contas

Com a inflação acima de 10% causando altas nos preços de alimentos, combustíveis e energia elétrica, os brasileiros têm enfrentado dificuldades para fazer a conta fechar. Para não ficar no vermelho, é necessário saber como organizar as finanças.

Nesse cenário, o E-Investidor debateu o tema em live na quarta-feira (20), com os convidados Alberto Ajzental, professor de economia da Fundação Getúlio Vargas, e Eduardo Perez, analista de investimentos da Nu invest.

Com a inflação no Brasil podendo terminar 2021 maior que em 83% dos países, segundo pesquisa da FGV, a pergunta que fica é: como chegamos a este ponto?

Para o professor Ajzental, a pandemia provocou uma parada abrupta na produção, e depois a retomada acima do esperado no final do ano passado, gerou uma corrida por matéria prima com a cadeia de produção ainda desalinhada, provocando um desequilíbrio e alta nos preços.

Segundo ele, esses fatores globais ainda foram somados a problemas domésticos como crises políticas. “Para piorar temos as lideranças brasileiras que não são claras e objetivas, não temos as melhores lideranças, então temos problemas e ruídos políticos”.

Esta junção de problemas desvalorizou o real e como as principais commodities de produção são comercializadas em dólar, os preços dispararam.

Dicas para economizar no dia a dia

Com esse cenário estabilizado no país, é importante saber como economizar no dia a dia para superar a perda do poder de compra. O principal ponto apontado pelos especialistas é ter um conhecimento dos seus gastos para poder se planejar.

O analista Eduardo Perez frisa que é importante saber o que é prioridade e cortar pequenos gastos não essenciais.

Para gastos obrigatórios, ele atenta para um velho truque que ainda é muito válido para ter economias, como “comprar à vista quando se tem desconto, ou parcelar no máximo de vezes quando o valor não muda também funciona, ainda mais se seu cartão tem a opção de adiantar parcelas com desconto”.

Em compras de supermercado, os dois convidados alertam para a necessidade de fazer pesquisas para encontrar melhores preços, não ficar preso à marcas, e dar preferência para compras em atacado, onde os preços saem mais em conta.

O professor da FGV ressalta outro ponto importante em tempos de inflação alta, que é quitar dívidas que são atreladas a índices que refletem as altas dos preços, como IPCA e IPC-BR e IGP-M.

Para além dos gastos

Na live, os participantes também falaram sobre a importância, mesmo em tempos de corte de gastos, de buscar formar reservas de emergências e até mesmo procurar oportunidades de investimentos.

“A regra de ouro é viver abaixo do potencial de ganho, para poder ir montando uma reserva de emergência”, disse Alberto Ajzental. Já Perez completou falando sobre a importância da reserva ser feita em investimentos seguros, e com alta liquidez, onde pode ser acessado quando necessário, como o Tesouro Selic.

Os especialistas também ressaltaram tipos de investimentos que podem ser atrativos em tempos de alta na inflação, como rendas fixas ligadas a ela, e também rendas variáveis em setores de bancos, de energia e FII.

Confira a live completa para ficar por dentro de todas as dicas que os especialistas deram sobre como gerir as finanças em tempos de inflação alta.

 

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos