EURO R$ 6,34 -0,05% DÓLAR R$ 5,37 +0,05% BBDC4 R$ 21,19 -0,05% ITUB4 R$ 24,50 +0,00% MGLU3 R$ 80,60 +0,19% ABEV3 R$ 13,20 -0,08% IBOVESPA 100.460,60 pts -1,62% PETR4 R$ 22,71 -0,57% GGBR4 R$ 17,83 -0,17% VALE3 R$ 60,60 +0,41%
EURO R$ 6,34 -0,05% DÓLAR R$ 5,37 +0,05% BBDC4 R$ 21,19 -0,05% ITUB4 R$ 24,50 +0,00% MGLU3 R$ 80,60 +0,19% ABEV3 R$ 13,20 -0,08% IBOVESPA 100.460,60 pts -1,62% PETR4 R$ 22,71 -0,57% GGBR4 R$ 17,83 -0,17% VALE3 R$ 60,60 +0,41%
Delay: 15 min
Minuto E-Investidor

O insider trading envolvendo Warren Buffett

  • Um dos piores crimes no mercado financeiro é o uso de informação privilegiada
  • Entre os diversos exemplos ocorridos pelo mundo, o mais emblemático envolve Warren Buffett, o bilionário investidor que é o exemplo de como investir em ações

Um dos piores crimes no mercado financeiro é o uso de informação privilegiada.

Quem sabe antes algo que vai mexer com o valor da ação de uma empresa na bolsa de valores está em vantagem.

Por isso, estará à frente de todos os demais investidores.

Ao fazer insider trading, esse privilegiado derruba a igualdade de condições aos participantes.

Entre os diversos exemplos ocorridos pelo mundo, o mais emblemático envolve Warren Buffett, o bilionário investidor que é o exemplo de como investir em ações.

Mas, no caso, Buffett não é o criminoso, ele é vítima da ganância de outras pessoas.

Pouco antes de adquirir 5 bilhões de dólares em ações do banco Goldman Sachs, um funcionário da instituição financeira avisou o gestor de um fundo de investimento sobre a operação de Buffett.

Esse é um caso clássico de vazamento de informação, uma dica que alguém passa a um terceiro para tentar evitar uma punição.

O gestor desse fundo de investimento adquiriu ações do Goldman Sachs porque sabia que quando o fato relevante fosse divulgado as ações do banco iriam disparar.

A SEC, a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos, fez uma profunda investigação e descobriu o conluio entre o funcionário do banco com o gestor do fundo.

E, pior, que a dica sobre Buffett não tinha sido a única repassada para que os dois lucrassem.

O caso foi considerado crime de fraude no sistema financeiro americano e a punição foi exemplar.

O funcionário do banco foi condenado a dois anos de detenção, enquanto que o gestor do fundo pegou 11 anos de prisão, no que é considerado o maior da história.

Num mundo cada vez mais eletrônico, em que cada movimentação deixa marcas, parece impossível enganar as autoridades – embora tenha sempre alguém que se acha mais esperto.

Eu sou o Márcio Kroehn, editor-chefe do portal einvestidor ponto com ponto br, e esse foi o Minuto E-Investidor de hoje.

Até o próximo.

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos
EURO R$ 6,34 -0,05% DÓLAR R$ 5,37 +0,05% BBDC4 R$ 21,19 -0,05% ITUB4 R$ 24,50 +0,00% MGLU3 R$ 80,60 +0,19% ABEV3 R$ 13,20 -0,08% IBOVESPA 100.460,60 pts -1,62% PETR4 R$ 22,71 -0,57% GGBR4 R$ 17,83 -0,17% VALE3 R$ 60,60 +0,41%
EURO R$ 6,34 -0,05% DÓLAR R$ 5,37 +0,05% BBDC4 R$ 21,19 -0,05% ITUB4 R$ 24,50 +0,00% MGLU3 R$ 80,60 +0,19% ABEV3 R$ 13,20 -0,08% IBOVESPA 100.460,60 pts -1,62% PETR4 R$ 22,71 -0,57% GGBR4 R$ 17,83 -0,17% VALE3 R$ 60,60 +0,41%
Delay: 15 min

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos