DÓLAR R$ 5,70 +0,23% EURO R$ 6,79 +0,33% ITUB4 R$ 26,93 +1,09% MGLU3 R$ 21,76 +0,42% BBDC4 R$ 25,38 +0,71% PETR4 R$ 23,86 +0,89% ABEV3 R$ 15,51 +0,98% IBOVESPA 118.574,18 pts +0,77% GGBR4 R$ 31,06 -0,19% VALE3 R$ 103,48 +0,47%
DÓLAR R$ 5,70 +0,23% EURO R$ 6,79 +0,33% ITUB4 R$ 26,93 +1,09% MGLU3 R$ 21,76 +0,42% BBDC4 R$ 25,38 +0,71% PETR4 R$ 23,86 +0,89% ABEV3 R$ 15,51 +0,98% IBOVESPA 118.574,18 pts +0,77% GGBR4 R$ 31,06 -0,19% VALE3 R$ 103,48 +0,47%
Delay: 15 min
Áudio

É hora de trocar a bolsa de valores pela renda fixa?

O Minuto E-Investidor está no YouTube e também na Rádio Eldorado FM 107,3

A alta da Taxa Selic de 2% ao ano para 2,75% ao ano pode ter deixado muitos investidores em dúvida: é hora de trocar a bolsa de valores pela renda fixa?

Em 2020, com a taxa de juros chegando ao piso histórico, muita gente migrou para a renda variável em busca de mais retorno.

Mas não chegou a hora de fazer o caminho de volta. Por dois motivos:

O primeiro é que a renda variável, como a bolsa de valores, deve ser parte da sua estratégia de investimento. E não apenas uma alocação oportunista.

E o segundo motivo é que mesmo com essa elevação de 0,75 ponto percentual, o juro real no Brasil continua negativo.

Com uma inflação acima de 5% e um juro básico de 2,75%, essa diferença significa que você está perdendo dinheiro.

É preciso que seu rendimento se equipare à inflação para que seu poder de compra continue igual.

Por isso, não faz sentido fazer uma corrida para a renda fixa.

Lembre-se que ter uma estratégia equilibrada é a maneira mais eficaz de alcançar bons retornos no longo prazo.

Eu sou o Márcio Kroehn, editor-chefe do portal E-Investidor, e esse foi o Minuto E-Investidor de hoje.

Até o próximo.

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos