Educação Financeira

4 dicas para terminar “agosto eterno” com as contas no azul

Esse mês pode parecer eterno, mas o seu dinheiro não é. Veja as dicas de organização financeira

4 dicas para terminar “agosto eterno” com as contas no azul
Especialistas dão dicas de planejamento para situações em que gastos com saúde são necessários. (Foto: Envato Elements)
  • Não acaba nunca. Essa é a sensação de grande parte das pessoas em relação ao mês de agosto
  • Apesar de parecer eterno, agosto está se encaminhando para o fim e, com ele, vem os boletos 
  • Por isso, o E-Investidor com a ajuda da Fincare N26, banco digital focado em cuidados financeiros, montou uma lista de dicas para te ajudar a terminar a saga de agosto no azul

Não acaba nunca. Essa é a sensação de grande parte das pessoas em relação ao mês de agosto. Por não ter feriados e vir depois do período de férias escolares, o mês de 31 dias provoca a impressão de ser o mais longo do ano.

Agosto pode parecer eterno, mas o seu dinheiro não é. Com a aproximação do final do mês, os boletos também se aproximam e, por isso, o E-Investidor com a ajuda da Fincare N26, banco digital focado em cuidados financeiros, montou uma lista de dicas para te ajudar a terminar a saga de agosto no azul.

1. Esquematize seus gastos

O primeiro passo é organização. Anotar e separar os gastos em setores, como alimentação, transporte e entretenimento pode te ajudar a ter uma visão mais clara e real das suas despesas, o que é imprescindível para uma vida financeira organizada.

Ao saber quanto você gasta e com o que, é possível entender melhor o peso de cada um dos seus gastos no seu orçamento e se preparar melhor. Atualmente, há aplicativos com opções para te auxiliar nessa tarefa, fique por dentro nessa reportagem.

2. Pense no futuro

Em muitos casos, os gastos do dia a dia consomem todo o orçamento, porém, por menor que seja o valor, é importante guardar uma quantia pensando em eventualidades.

Publicidade

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

No universo dos investimentos, chamamos esse montante de reserva de emergência. Ele serve para arcar com mudanças inesperadas como um problema de saúde ou uma reforma de urgência em casa. Por isso, a dica é: separar um valor, nem que seja R$ 10, mensalmente, com esse foco.

3. Identifique as suas necessidades

Essa dica é fundamental para uma vida financeira saudável. Não dá pra ter tudo, por isso, escolher os seus gastos é essencial para fechar o mês com as contas em dia. Antes de tomar uma decisão financeira, reflita se ela é realmente necessária para você.

Claro que as prioridades variam de pessoa para pessoa, mas saber identificá-las faz toda a diferença. Ir de transporte público para o trabalho em vez de Uber, por exemplo, caso você identifique que isso não é uma necessidade para você, pode ser uma forma inteligente de se manter dentro do orçamento.

4. Constância é chave

Não basta organizar as finanças só em agosto ou uma vez por mês, é preciso que isso vire hábito. Não tem jeito, cuidar das finanças é cuidar do bem-estar. Ficar por dentro do que foi gasto e de quanto é seu orçamento até o final do mês permite que você tome decisões mais alinhadas com a realidade e perceba o quanto antes quando o limite do seu orçamento está próximo.

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos