Investimentos

(PETR4), (VALE3) e (VVAR3) são ações mais negociadas na bolsa em junho

Investidores apostaram em ativos de empresas consolidadas para enfrentar a crise

(PETR4), (VALE3) e (VVAR3) são ações mais negociadas na bolsa em junho
A Petrobras é uma das principais ações na carteira do fundo Moat Capital FIA (Foto: Sergio Moraes/Reuters)
  • Bolsa de valores brasileira movimentou cerca de R$26 bilhões por dia em 2020, maior valor diário da história
  • Oss três responsáveis por puxar as negociações foram os papéis da Petrobras (PETR4), Vale (VALE3) e Viavarejo (VVA3), segundo levantamento feito pela Economatica
  • Especialistas apontam que as três empresas possuem solidez financeira e se mostram capazes de passar pela crise do coronavírus

Não dá para dizer que o primeiro semestre do ano foi fácil para o mercado, principalmente em relação à renda variável. Ainda assim, o volume financeiro negociado na Bolsa chegou a R$25,9 bilhões por dia, valor 170,6% superior do que o registrado em 2019 – e também o maior da história.

Os três grandes responsáveis por puxar as negociações foram os papéis da Petrobras (PETR4), Vale (VALE3) e Viavarejo (VVAR3), com volume financeiro médio mensal de R$ 1,7 milhões, R$ 1,415 milhões e R$ 1,413 milhões, respectivamente. Os dados foram levantados pela plataforma de investimentos Economatica.

Resilientes na crise

Segundo especialistas consultados pelo E-Investidor, as três empresas são consideradas um porto-seguro na crise. “Os investidores buscaram nomes de qualidade, que são companhias mais capazes de enfrentar esse período de incerteza”, diz Ricardo França, analista de investimentos de Ágora.

A solidez financeira também é destacada pela analista Paloma Brum, de Toro Investimentos, como um dos principais fatores para a maior negociação das ações da Petrobras, por exemplo. Em abril, a petrolífera passou por um momento difícil, com o petróleo chegando à cotação negativa, o que diminuiu as margens de lucro e fez a companhia beirar o prejuízo. “Contudo, é uma empresa forte, muito bem gerida, competitiva no mercado internacional e que vemos com bons olhos”, afirma a analista.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Em relação à Vale, a conjuntura econômica pode ter favorecido a companhia durante a crise. “Por ser uma exportadora, a empresa foi beneficiada pela alta do dólar”, diz Brum. “Vale lembrar que o preço do minério de ferro negociado na China deu um salto de 24% nesse primeiro semestre.”

Segundo a analista, a cada dólar de aumento na cotação da commodity, a mineradora tem um incremento de US$300 milhões no Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização). Outro fator que pode ter contribuído para o desempenho de PETR4 e VALE3 seria o retorno do investidor estrangeiro no País. “Nesse mês de junho a gente já viu a entrada de capital estrangeiro, e normalmente esses investidores priorizam ativos que possuem mais liquidez, como de Petrobras e Vale”, diz.

No caso da Via Varejo, ter forte presença em e-commerce a beneficiou na crise, o que tornou os papéis atrativos. “As varejistas que estavam preparadas para atuar online conseguiriam navegar por esse período de coronavírus, já que as lojas de ruas foram fechadas”, disse Brum. “Magazine Luiza é outro exemplo de varejista com forte operação em e-commerce e que foi resiliente na crise.”

Setor de bancos também está entre os preferidos

No levantamento, outro grande destaque foi o segmento bancário. Entre os 20 papéis mais demandados em junho, cinco são ações de bancos. Os ativos do Itaú Unibanco aparecem em 4º lugar, Bradesco em 5º, Banco do Brasil em 7º, Itausa em 18º e BTG Pactual em 19º.

A grande quantidade de papéis de bancos entre os mais negociados também não é uma surpresa. O setor, inclusive, aparece em 1º lugar em volume de negociação do Ibovespa, na frente até mesmo do segmento de Exploração e Refino, do qual pertence a Petrobrás, Eletrodomésticos, representados pela Via Varejo e Magazine Luíza, e Minerais Metálicos, vertente dominada pela Vale.

“O segmento é onde estão algumas das maiores empresas em valor de mercado na bolsa”, diz França. “São papéis que tem um peso grande no Ibovespa e normalmente estão na carteira do investidor.”

Publicidade

Para Brum, além de serem muito tradicionais, os bancos também são bons pagadores de dividendos. “É difícil imaginar uma carteira, principalmente de investidores de longo prazo, sem bancos.”

Veja as ações com maior volume financeiro diário em junho

Ação junho / 2020 (em R$ milhões)
Petrobras (PTR4) 1.707
Vale (VALE3) 1.415
Viavarejo (VVAR3) 1.413
Itaú Unibanco (ITUB4) 1.240
Bradesco (BBDC4) 1.195
Magazine Luiza (MGLU3) 939
Banco do Brasil (BBAS3) 771
Azul (AZUL4) 739
IRB Brasil (IRBR3) 730
B3 (B3SA3) 615
Gol (GOLL4) 422
JBS (JBSS3) 421
Cogna (COGN3) 406
Petrobras (PETR3) 394
Ambev (ABEV3) 380
B2W (BTOW3) 379
Renner (LREN3) 370
IItausa (ITSA4) 355
Banco BTG (BPAC11) 353
Suzano(SUZB3) 330

Web Stories

Ver tudo
<
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
Como investir em IA para ganhar dinheiro?
5 passos para planejar a independência financeira dos seus filhos
Como identificar as notas antigas do real que saíram de circulação?
Reforma tributária: quais alimentos terão imposto zerado ou reduzido? Confira lista
Voo cancelado pelo apagão cibernético? Veja o que fazer
Apagão cibernético: veja quais bancos brasileiros foram afetados
Novo aumento da gasolina? Entenda porque Petrobras pode mexer de novo no preço dos combustíveis
Bancos digitais: confira 5 contas que melhor pagam seus clientes
O que é BPC? Por que governo quer fazer pente-fino neste benefício social?
Mega-Sena: como aumentar minhas chances de vencer?
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos