Investimentos

FII despenca 11% após corte de dividendos; veja qual

O Ifix, por sua vez, conseguiu encerrar janeiro no campo positivo

FII despenca 11% após corte de dividendos; veja qual
O Ifix reúne os fundos imobiliários mais negociados da B3
  • O Fundo Imobiliário (FII) Hotel Maxinvest (HTMX11) amargou queda de 11,04% no pregão desta quarta-feira (31) na B3, com a quota negociada a R$ 168.78.
  • O baixo desempenho deveu-se à má recepção de investidores frente à divulgação pelo fundo, enquanto a sessão estava aberta, do valor em dividendos a ser distribuído em fevereiro, da ordem de R$ R$ 0,862560933 por cota.
  • O Ifix, por sua vez, encerrou o pregão desta quarta-feira (11) aos 3.333,51 pontos, em ligeira alta de 0,18%, ante a sessão da véspera (3.327,55 pontos). No mês, o índice somou ganhos de 0,67%.

O Fundo Imobiliário (FII) Hotel Maxinvest (HTMX11) amargou queda de 11,04% no pregão desta quarta-feira (31) na B3, com a quota negociada a R$ 168.78. O baixo desempenho é justificado pela insatisfação de investidores após a divulgação do valor ser distribuído pelo fundo em dividendos no mês de fevereiro, da ordem de R$ R$ 0,862560933 por cota.  O rendimento é 73,49% abaixo do nível pago em janeiro, de R$ 3,254261753 por cota.

Com o resultado de ontem, o FII mais rentável de 2023 interrompeu a sequência de quatro pregões seguidos de alta. Foi a maior queda desde o dia 4 de janeiro, quando o fundo recuou 19,02%.

De acordo com o comunicado referente ao pagamento de proventos, os cotistas com posição no HTMX11 nesta quarta-feira (31) serão pagos na próxima quarta-feira (7).

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Às 13h05 desta quinta-feira (1), a cota do fundo era negociada a R$ 159,80, em queda de 5,29%. Em 2024, avançava 67,40% e no ano, desvalorizava em 18,88%.

O Hotel Maxinvest, criado em 2007, investe em imóveis do setor hoteleiro e tem como gestor o Hotel Invest, sendo administrado pelo BTG Pactual.

Ifix em 2024

O Ifix, por sua vez, encerrou o pregão desta quarta-feira (31) aos 3.333,51 pontos, em ligeira alta de 0,18%, ante a sessão da véspera (3.327,55 pontos). No mês, o índice somou ganhos de 0,67%.

O desempenho positivo do índice, que reúne pouco mais de 100 dos FIIs mais negociados na B3, foi impulsionado pelas negociações em dia de divulgação de rendimentos pela indústria.

Às 13h05 da sessão desta quinta-feira (1), o índice devolvia parte dos ganhos e recuava 0,31%, aos 3.323,08 pontos. Em 2024, subia 0,35% e no acumulado dos últimos 12 meses, alta de 18,38%.

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos