Publicidade

Investimentos

4 títulos do Tesouro Direto que você deve investir, segundo o Itaú BBA

Analistas fizeram mudanças na carteira de títulos recomendados para o primeiro mês de 2024. Confira

4 títulos do Tesouro Direto que você deve investir, segundo o Itaú BBA
Investimentos no Tesouro Direto são garantidos pelo governo federal. (Fonte: Shutterstock/ Brenda Rocha - Blossom/Reprodução)

O Itaú BBA fez três mudanças em sua carteira de Tesouro Direto recomendada para janeiro, mostra relatório divulgado a clientes nesta semana. O banco realizou um resgate no título do Tesouro Prefixado 2029, incluiu o Tesouro IPCA+2029 e reduziu a exposição de 40% para 20% da carteira no Tesouro Prefixado 2026.

Para os analistas, o aprofundamento do cenário de arrefecimento da economia global, que tende a ocorrer ao longo de 2024, pode ser respondido no Brasil com aceleração do ritmo de cortes da taxa Selic, o que deve impactar mais os trechos curto e intermediário do que a ponta longa da curva de juros.

“Contudo, a inflação implícita para prazos mais curtos já embute uma melhora para o cenário de inflação ao longo do ano, motivo pelo qual a compressão de taxa neste trecho, caso ocorra, viria por meio da queda nas taxas reais de rendimento”, diz Luxas Queiroz, que assina o relatório.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Com base nessa expectativa, o Itaú afirma que o melhor é o investidor aportar em títulos com vencimento curto e médio prazo que estão atrelados ao IPCA, para conservar boas taxas de rendimento real em sua carteira.

 

Web Stories

Ver tudo
<
Como identificar uma nota falsa?
Quanto custa comer na melhor pizzaria da América Latina, que fica em SP?
D.O.M: saiba quanto custa comer em um dos 100 melhores restaurantes da América Latina
Como receber pensão vitalícia na união estável?
Quanto Madonna já ganhou na loteria?
Quanto custa comer no 2º restaurante mais caro do mundo? Descubra
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
>