EURO R$ 6,13 +0,07% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% PETR4 R$ 23,34 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
EURO R$ 6,13 +0,07% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% PETR4 R$ 23,34 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
Delay: 15 min
Investimentos

Demonização da China por Trump coloca EUA em perigo financeiro

Apesar de o Fed estar imprimindo dinheiro, americanos dependem do financiamento externo

O presidente Donald Trump mostra uma máscara fabricada pela Ford (Foto: Doug Mills/The New York Times)
  • A dívida americana aumentou US$ 2 trilhões nos últimos três meses
  • A China tem sido uma grande compradora de títulos do Tesouro e possuía US$ 1,08 trilhão em 31 de março, data mais recente para a qual os números do Tesouro estão disponíveis
  • A menos que você pense que o Fed deve imprimir trilhões de dólares sem fim para financiar os déficits orçamentários os EUA precisam de credores

(Alan Sloan/WP Bloomberg) – Você passaria seus dias insultando e demonizando um credor em potencial quando estiver executando uma operação que precisa emprestar quantias incríveis de dinheiro? Você também estaria ameaçando renegar a dívida que já deve a esse credor em potencial? Eu com certeza não faria isso, e também não posso imaginar que você faria. Mas é isso que o governo Trump e seus companheiros de viagem estão fazendo com a China.

Os Estados Unidos, é claro, estão enfrentando enormes déficits orçamentários, como parte da tentativa de estimular a economia e limitar o dano financeiro que a covid-19 está causando às pessoas, empresas e instituições. Nos últimos três meses, de acordo com as estatísticas do Tesouro, a dívida americana aumentou US$ 2 trilhões – isso é trilhão, com um T. Atualmente, são cerca de US$ 25,4 trilhões e vão disparar ainda mais nos próximos meses. De onde virá o dinheiro para financiar esse déficit?

Até agora, você pode argumentar que o Federal Reserve (Fed), cujas ações do Tesouro subiram US$ 1,6 trilhão nos últimos três meses, está financiando a maior parte do déficit criando dinheiro. Em teoria, se o Fed continuasse fazendo isso, não precisaria de dinheiro chinês, japonês ou qualquer coisa que não fosse o crédito que o Fed poderia criar do nada para comprar títulos do Tesouro das instituições que os compram do Tesouro.

Mas quando você bisbilhota um pouco, verá que grande parte do aumento das participações do Tesouro do Fed parece ser um evento único decorrente de movimentos recentes do Fed para descongelar os mercados de crédito, e não de uma tentativa de cobrir o governo federal. Déficit orçamentário. Você também descobrirá que o Fed está diminuindo a velocidade de suas compras no Tesouro, mesmo com o aumento da necessidade de novo caixa pelo Tesouro. Então, de onde vem o dinheiro?

Historicamente, a China tem sido uma grande compradora de títulos do Tesouro e possuía US$ 1,08 trilhão em 31 de março, data mais recente para a qual os números do Tesouro estão disponíveis. (As participações da China estão em segundo lugar, atrás do US$ 1,27 trilhão do Japão.) Apesar de ser um dos principais credores dos EUA, você pode ver as razões políticas que levam o presidente Donald Trump e sua equipe a atacar a China dia após dia.

Primeiro, eles precisam de um bode expiatório para o impacto desastroso que a pandemia do coronavírus está causando na vida e no bem-estar econômico dos americanos e para desviar a atenção de suas próprias falhas. Segundo, é útil politicamente – embora não moral ou socialmente – demonizar “o outro”. Isso permite que Trump ofenda mais do que se defenda e tente fazer com que os americanos se unam em torno da bandeira, alegando ser o protetor do país contra estrangeiros maus.

Mesmo que o Fed tenha financiado indiretamente a maior parte do aumento recente na dívida nacional, será interessante – e talvez realmente assustador – ver o que acontece se as compras do Tesouro do Fed continuarem em desaceleração (embora ainda sejam muito altas pelo histórico) ao mesmo tempo em que aumenta a necessidade de empréstimo do Tesouro. E para ver se a China tenta contra-atacar Trump e minar o dólar (e melhorar o status do yuan como moeda de reserva) vendendo algumas de suas participações existentes no Tesouro ou anunciando que seus dias de ajudar a financiar os déficits dos EUA chegaram ao fim.

Este não seria um comportamento financeiro normal. Mas, graças a Trump e ao coronavírus, esses não são tempos normais. Entre as razões, está um fator que eu acredito que não está sendo levado tão a sério como deveria ser: as ameaças de Trump e dos Republicanos de cancelar parte da dívida com a China para tentar fazer o governo chinês pagar por algumas delas.

É fácil descartar isso como uma postura política. Mas se eu fosse um credor estrangeiro, com certeza ficaria desconfiado de emprestar dinheiro aos Estados Unidos quando ele é administrado por um presidente que age por impulso, rege por decreto e pode decidir um dia declarar os títulos dos EUA mantidas por qualquer particular país seja nulo e sem efeito.

A menos que você pense que o Fed deve imprimir trilhões de dólares sem fim para financiar os déficits orçamentários – não o faço, por razões que discutiremos outro dia – os EUA precisam de credores, especialmente credores estrangeiros, para ajudar a financiar a lacuna orçamentária comprando títulos com rendimento ultra baixo. Insultar e demonizar o segundo maior credor do país por razões políticas domésticas certamente não parece ser o caminho a seguir.

Invista utilizando as melhores plataformas de negociação. Cadastre-se na Ágora Investimentos
EURO R$ 6,13 +0,07% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% PETR4 R$ 23,34 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
EURO R$ 6,13 +0,07% DÓLAR R$ 5,37 +0,00% MGLU3 R$ 81,39 -0,13% ITUB4 R$ 27,37 -0,26% BBDC4 R$ 22,70 +0,00% PETR4 R$ 23,34 +0,00% IBOVESPA 101.790,54 pts +1,34% ABEV3 R$ 14,30 +0,07% GGBR4 R$ 16,65 +0,60% VALE3 R$ 61,79 +0,00%
Delay: 15 min

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos