DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,24 -0,14% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,24 -0,14% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
Delay: 15 min
Investimentos

XP vê “futuro brilhante” da Vivara (VIVA3) e recomenda compra da ação

Corretora reiterou recomendação de compra das ações VIVA3, mas reduziu preço-alvo

XP vê “futuro brilhante” da Vivara (VIVA3) e recomenda compra da ação
Fachada da loja da Vivara, em São Paulo
  • A XP reiterou a recomendação de compra das ações da Vivara (VIVA3)
  • A corretora reduziu o preço-alvo dos papéis da empresa, de R$ 37 anteriormente para R$ 31, um potencial de alta de 33,7% em relação à cotação do fechamento da última segunda (27), de R$ 23,18
  • Eles ainda apontaram que os resultados de curto prazo da Vivara seguem “sólidos como um diamante”

A XP reiterou a recomendação de compra das ações da Vivara (VIVA3) em relatório publicado na segunda-feira (27). De acordo com a corretora, a empresa é “líder absoluta” do mercado, mas ainda possui espaço para consolidação. Apesar da recomendação, a XP reduziu o preço-alvo dos papéis da empresa de R$ 37 anteriormente para R$ 31, um potencial de alta de 33,7% em relação à cotação do fechamento de ontem, em R$ 23,18. A justificativa apresentada é o custo de capital mais elevado.

De acordo com a XP, ainda há muito espaço para a joalheria ganhar participação por meio da expansão da Life – linha da empresa de joias personalizadas -, com o mercado de prata estimado em R$ 5 bilhões; consolidação de mercado pela expansão da marca Vivara, enquanto o mercado informal é quase do tamanho do mercado formal; e potenciais novos segmentos que possam ser adicionados ao portfólio, como novas faixas de preço, licenciamento de joias masculinas ou acessórios.

“Destacamos que a empresa está aberta tanto para M&A (fusões e aquisições) quanto para oportunidades internacionais, embora esta última deva ser uma alavanca para crescimento de médio prazo”, escreveram os analistas no relatório. Eles ainda apontaram que os resultados de curto prazo da Vivara seguem “sólidos como um diamante”. As conclusões do relatório foram feitas após uma série de reuniões entre os analistas da corretora e a administração da Vivara na semana passada.

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos