EURO R$ 6,32 -0,24% MGLU3 R$ 6,33 +3,94% BBDC4 R$ 20,87 +1,61% ABEV3 R$ 15,10 +0,73% IBOVESPA 106.927,79 pts +1,33% DÓLAR R$ 5,54 +0,06% ITUB4 R$ 23,50 -0,76% PETR4 R$ 31,45 +3,73% VALE3 R$ 84,69 +0,58% GGBR4 R$ 28,28 +0,04%
EURO R$ 6,32 -0,24% MGLU3 R$ 6,33 +3,94% BBDC4 R$ 20,87 +1,61% ABEV3 R$ 15,10 +0,73% IBOVESPA 106.927,79 pts +1,33% DÓLAR R$ 5,54 +0,06% ITUB4 R$ 23,50 -0,76% PETR4 R$ 31,45 +3,73% VALE3 R$ 84,69 +0,58% GGBR4 R$ 28,28 +0,04%
Delay: 15 min
Mercado

Abertura de Mercado: bolsas externas pressionam Ibovespa

Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

No exterior, as bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta madrugada de quinta-feira (13), um dia após dados de inflação nos EUA reforçarem apostas de que o Fed começará a elevar os juros em março e com preocupações renovadas
pela disseminação da variante Ômicron do Coronavírus pelo mundo. As bolsas na Europa operam em baixa agora pela manhã, após acumularem ganhos nos dois pregões anteriores.

Os índices futuros das bolsas de NY operam em alta modesta, após os mercados à vista registrarem leves ganhos ontem, com investidores à espera de dados de inflação (PPI) e pedidos semanais de auxílio desemprego nos EUA, além de comentários de
vários dirigentes do Fed em momento de retirada de estímulos monetários. Os juros das treasuries sobem enquanto o índice DXY do dólar amplia perdas da sessão anterior.

No mercado de commodities, os contratos futuros de petróleo operam próximo da estabilidade, intercalando leves quedas e altas em NY, enquanto exibe ganho moderado em Londres nesta manhã. A commodity oscila diante das
incertezas sobre a demanda neste momento em que a contagiosa variante Ômicron segue se espalhando pelo mundo.

No Brasil, os sinais negativos das bolsas no exterior tendem a pesar nos ajustes da B3. Os investidores devem repercutir ainda nos juros e câmbio os dados de serviços
prestados no País, cuja expectativa é de crescimento tímido em novembro, apoiado no aumento da mobilidade no mês. Ontem, após o recuo do dólar pelo segundo dia seguido, as taxas curtas e longas cederam e a curva de juros manteve a precificação de um aumento de 1,5 ponto percentual da Selic em fevereiro, e já mostra apostas quase unânimes em redução do ritmo de aperto em março, para 1 ponto percentual.

Agenda econômica 13/01

Brasil: A pesquisa mensal de serviços de novembro sai às 9hrs. A mediana do mercado indica crescimento de 0,1% do volume de serviços prestados, ante queda de 1,2% em outubro. O Tesouro faz leilão de LTN e NTN-F às 11hrs.

EUA: O PPI dos EUA de dezembro e os pedidos semanais de auxílio desemprego serão divulgados às 10h30. Quatro dirigentes do Fed participam de eventos durante o dia: Patrick Harker, às 10hrs; Brainard, às 12 hrs; Barkin de Richmond, às 14hrs; Evans de Chicago, às 15hrs

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos