EURO R$ 5,18 -0,05% DÓLAR R$ 5,10 +0,05% MGLU3 R$ 4,04 +13,41% BBDC4 R$ 19,43 -0,56% ABEV3 R$ 15,42 +1,45% ITUB4 R$ 26,97 +0,97% PETR4 R$ 31,72 -0,35% GGBR4 R$ 25,82 -1,07% IBOVESPA 113.031,98 pts +0,24% VALE3 R$ 68,30 -2,08%
EURO R$ 5,18 -0,05% DÓLAR R$ 5,10 +0,05% MGLU3 R$ 4,04 +13,41% BBDC4 R$ 19,43 -0,56% ABEV3 R$ 15,42 +1,45% ITUB4 R$ 26,97 +0,97% PETR4 R$ 31,72 -0,35% GGBR4 R$ 25,82 -1,07% IBOVESPA 113.031,98 pts +0,24% VALE3 R$ 68,30 -2,08%
Delay: 15 min
Mercado

As ações mais recomendadas para junho, segundo 12 corretoras

Os papéis da Vale lideram a lista dos mais recomendados desde fevereiro e permanecem na ponta

As ações mais recomendadas para junho, segundo 12 corretoras
As ações da Suzano estão entre as mais recomendadas. Foto: Suzano.
  • O E-Investidor consultou 12 corretoras para saber quais ações devem se destacar no mês de maio. Pelo quarto mês consecutivo, a Vale (VALE3) está entre as empresas mais citadas, com seis indicações
  • Os papéis da PetroRio (PRIO3) e Suzano (SUZB3) também tiveram seis indicações cada e estão empatados na liderança

O Ibovespa encerrou o mês de maio em alta de 3,22%, aos 111.350,51 pontos. O principal índice da bolsa brasileira conseguiu se recuperar após forte queda no mês de abril.

O E-Investidor consultou 12 corretoras para saber quais ações devem se destacar no mês de junho. Os papéis da Vale (VALE3) lideram a lista dos mais recomendados desde fevereiro e permanecem na ponta.

No entanto, dividem a primeira posição com PetroRio (PRIO3) e Suzano (SUZB3), com seis indicações cada.

Em relação aos papéis VALE3, os analistas da Órama ressaltam que os preços das commodities, como o minério, estão em alta neste momento, o que beneficia a ação. “Vemos no horizonte estímulos vindo para reforma de infraestrutura nas economias desenvolvidas, o que vai aumentar a demanda por minério no futuro”, afirma o relatório da corretora, que cita o robusto pagamento de dividendos semestrais da companhia como um grande atrativo.

Sobre as ações da Suzano, os analistas da Ágora Investimentos destacam que a empresa é a principal recomendação do ano no setor de papel e celulose. “Vemos uma continua melhora nos fundamentos no mercado internacional, sendo que Suzano anunciou recentemente mais um novo de preço de US$ 30/tonelada para o mercado chinês, vigente a partir de junho, refletindo à oferta global mais restrita”, observam os analistas.

As ações do Banco do Brasil (BBAS3), BTG Pactual (BPAC11) e Petrobras (PETR4) também se destacaram, com 4 indicações cada uma.

No caso dos papéis BBAS3, os analistas da Ágora avaliam que o banco apresentou uma perspectiva positiva para o ano e deve conseguir manter um baixo custo de risco. A corretora optou por elevar o preço-alvo da ação para R$ 45, uma alta de 13%. “O 1º trimestre de 2022 apresentou uma perspectiva positiva para o ano. O banco deve conseguir manter um baixo custo de risco, devido à sua carteira de crédito mais defensiva, que tem menor exposição a pessoas físicas em comparação com seus pares”, diz o relatório da Ágora.

Confira abaixo as recomendações para o mês de junho das nove corretoras consultadas pelo E-Investidor.

Ativa Investimentos

A Ativa Investimentos realizou quatro alterações em sua carteira de recomendação. Os papéis da Arezzo (ARZZ3), Grupo Mateus (GMAT3), JBS (JBSS3) e Natura (NTCO3) saíram e deram lugar as ações da Lojas Renner (LREN3), Minerva (BEEF3), Petrobras (PETR4) e Vibra Energia (VBBR3).

Ações
Bradesco (BBDC4)
Itaú Unibanco (ITUB4)
Lojas Renner (LREN3)
Minerva (BEEF3)
Multiplan (MULT3)
Petrobras (PETR4)
PetroRio (PRIO3)
Petz (PETZ3)
Soma (SOMA3)
SulaAmericana (SULA11)
Suzano (SUZB3)
Totvs (TOTS3)
Vale (VALE3)
Vibra Energia (VBBR3)
Yduqs (YDUQ3)

Ágora Investimentos

Para o mês de junho, a Ágora Investimentos optou por retirar os papéis JHSF (JHSF3) e acrescentar as ações do BTG Pactual (BPCA11) em sua carteira de recomendação.

Ações
Ambev (ABEV3)
Banco do Brasil (BBAS3)
BTG Pactual (BPAC11)
Cemig (CMIG4)
Iguatemi (IGTI11)
Lojas Renner (LREN3)
Petrobras (PETR4)
Suzano (SUZB3)
Vale (VALE3)
Weg (WEGE3)

CM Capital

A CM Capital substituiu todos os ativos da sua carteira para o mês de junho.

Ações
Bradespar (BRAP4)
Eneva (ENEV3)
Minerva (BEEF3)
SulAmerica (SULA11)
Suzano (SUZB3)

Elite Investimentos

A Elite realizou duas mudanças na sua carteira de recomendação em relação ao mês anterior. As ações da Multiplan (MULT3) e Sinqia (SQIA3) saíram da carteira. Entraram as de CBA (CBAV3) e PetroRio (PRIO3).

Ações
Alupar (ALUP11)
CBA (CBAV3)
Cosan (CSAN3)
Gerdau (GGBR4)
JHSF (JHSF3)
Marfrig (MRFG3)
Movida (MOVI3)
PetroRio (PRIO3)
Suzano (SUZB3)
Tim (TIMS3)

Genial Investimentos

Na carteira recomendada da Genial Investimentos foram realizadas três alterações. Entraram os papéis da B3 (B3SA3), Equatorial (EQTL3) e JHSF (JHSF3). Saíram as ações da Arezzo (ARZZ3), Energias BR (ENBR3) e Klabin (KLBN11).

Ações
Alupar (ALUP11)
B3 (B3SA3)
Equatorial (EQTL3)
Itaú (ITUB4)
JHSF (JHSF3)
Multilaser (MLAS3)
PetroRio (PRIO3)
Santander (SANB11)
Transmissão Paulista (TRPL4)
Vivara (VIVA3)

Guide Investimentos

A Guide Investimentos realizou três alterações em relação ao mês anterior. Os ativos Alupar Units (ALUP11), Vale (VALE3) e Vivara (VIVA3) saíram e deram lugar aos papéis da EDP Brasil (ENBR3), Gerdau (GGBR4), e Yduqs (YDUQ3).

Ações
Banco do Brasil (BBAS3)
EDP Brasil (ENBR3)
Gerdau (GGBR4)
Marfrig (MRFG3)
Movida (MOVI3)
Multiplan (MULT4)
Petrobras (PETR4)
SLC Agrícola (SLCE3)
Tim (TIMS3)
Yduqs (YDUQ3)

Moldamais

A Moldamais alterou praticamente toda a sua carteira. O único ativo que estava entre as indicações de maio e permanece para junho são os papéis da JBS (JBSS3).

Ações
Banco do Brasil (BBAS3)
Cosan (CSAN3)
JBS (JBSS3)
Klabin (KLBN11)
PetroRio (PRIO3)

Nova Futura Investimentos

A Nova Futura realizou duas alterações em sua carteira. Saíram os papéis da BRMalls (BRML3) e Telefônica Brasil (VIVT3) e entraram os de Braskem (BRKM5) e SLC Agrícola (SLCE3).

Ações
Assaí (ASAI3)
Bradesco (BBDC4)
Braskem (BRKM5)
PetroRio (PRIO3)
SLC Agrícola (SLCE3)

Órama Investimentos

Para o mês de junho, a Órama Investimentos optou por não realizar nenhuma alteração em sua carteira recomendada.

Ações
BTG Pactual (BPAC11)
Bradesco (BBDC4)
BRF (BRFS3)
CVC (CVCB3)
Grupo Ultra (UGPA3)
Natura & Co (NTCO3)
Petz (PETZ3)
Simpar (SIMH3)
Vale (VALE3)
Via (VIIA3)

Santander Corretora

A Santander Corretora realizou apenas uma alteração em sua carteira. As ações da Vibra Energia (VBBR3) deram lugar às da Localiza (RENT3).

Ações
BTG Pactual (BPAC11)
CPFL Energia (CPFE3)
Itaú (ITUB4)
JBS (JBSS3)
Localiza (RENT3)
Multiplan (MULT3)
Petrobras ON (PETR3)
Suzano (SUZB3)
Totv (TOTS3)
Vale (VALE3)
Weg (WEGE3)

Toro Investimentos

A Toro Investimentos optou por mexer em praticamente toda a sua carteira de recomendação. Foram mantidos os papéis de Energias do Brasil (ENBR3), Raízen (RAIZ4) e Vale (VALE3).

Ações
Banco do Brasil (BBAS3)
BRF (BRFS3)
BTG Pactual (BPAC11)
Energias do Brasil (ENBR3)
Gerdau (GGBR4)
Raízen (RAIZ4)
SLC Agrícola (SCLE3)
Soma (SOMA3)
Suzano (SUZB3)
Vale (VALE3)

Warren Investimentos

A Warren realizou apenas duas mudanças em sua carteira. Os papéis Vibra Energia (VBBR3) e Taesa (TAEE11) deixaram de fazer parte das recomendações da corretora e deram lugar às ações da Weg (WEGE3) e PetroRecôncavo (RECV3).

Ações
Engie (EGIE3)
Fleury (FLRY3)
JBS (JBSS3)
Klabin (KLBN11)
PetroRio (PRIO3)
Petrobras (PETR4)
PetroRecôncavo (RECV3)
Randon (RAPT4)
São Martinho (SMTO3)
Simpar (SIMH3)
Vale (VALE3)
Weg (WEGE3)

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos