EURO R$ 5,23 +0,03% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
EURO R$ 5,23 +0,03% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
Delay: 15 min
Mercado

Valor global investido em ETFs chega a US$ 1 trilhão no ano

Na Bolsa brasileira, há 55 ativos. Até novembro, foram negociados cerca de R$ 365 bilhões no País

Valor global investido em ETFs chega a US$ 1 trilhão no ano
Na Bolsa brasileira, são cerca de 55 ativos, voltados a fundos amplos, mercados estrangeiros ou temas específicos Foto: Envato Elements
  • Enquanto em 2020 foram investidos US$ 735,7 bilhões em fundos de índice (ETF) globalmente, só de janeiro a novembro deste ano o valor já alcançou US$ 1 trilhão
  • Na Bolsa brasileira, são cerca de 55 ativos. Até novembro foram negociados cerca de R$ 365 bilhões no mercado brasileiro
  • Os ETFs mais rentáveis em novembro foram aqueles atrelados a criptomoedas e inflação

Enquanto em 2020 foram investidos US$ 735,7 bilhões em fundos de índice (ETFs) globalmente, de janeiro a novembro deste ano o valor já alcançou US$ 1 trilhão, segundo dados da consultoria Morningstar Inc.

Na Bolsa  de Valores brasileira, há 55 ativos voltados a fundos amplos, mercados estrangeiros ou temas específicos. Até novembro, foram negociados cerca de R$ 365 bilhões no mercado brasileiro. Considerando o dólar a R$ 5,62, o volume brasileiro corresponde a aproximadamente 6,4% do total mundial.

Do total global, a maior parte é direcionada a fundos de baixo custo dos Estados Unidos. Vanguard Group, BlackRock e State Street Corp. são as principais gestoras. Juntas, elas são responsáveis por controlar três quartos de todos os ativos de ETF dos EUA.

No ano, o S&P 500, principal índice amplo do mercado americano registra alta de 26,89%. Para muitos investidores, a compra dos fundos de índice é uma forma de pegar carona com o impulso do mercado.

Entre as alternativas listadas na Bolsa brasileira, os dois ETFs mais rentáveis foram aqueles atrelados a criptomoedas, especialmente ao Ethereum. Além disso, os ativos ligados à inflação e a materiais básicos também conseguiram destaque enquanto o cenário da renda variável não é tão atrativo, com o Ibovespa em queda de 8,40% no ano, até a manhã desta segunda-feira (13).

Confira os ETFs mais rentáveis da B3 em novembro

TickerFundoSetor
Valorização em novembro
ETH11Nasdaq EtherCriptomoedas6,7%
QETH11CME CF Ether-DollarCriptomoedas5,9%
B5MB11IMA-B5Inflação5,2%
IB5M11IMA-B5+Inflação4,2%
MATB11Materiais Básicos (IMAT B3)Ações – Meteriáris Básicos3,6%
Fonte: Boletim mensal de ETF da B3

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos