EURO R$ 6,32 -1,56% MGLU3 R$ 7,62 +4,38% BBDC4 R$ 20,95 -1,18% DÓLAR R$ 5,61 -1,46% ITUB4 R$ 22,96 -1,25% ABEV3 R$ 16,10 +0,12% PETR4 R$ 29,36 +1,63% IBOVESPA 107.557,67 pts +0,65% GGBR4 R$ 28,95 +1,58% VALE3 R$ 76,33 +0,74%
EURO R$ 6,32 -1,56% MGLU3 R$ 7,62 +4,38% BBDC4 R$ 20,95 -1,18% DÓLAR R$ 5,61 -1,46% ITUB4 R$ 22,96 -1,25% ABEV3 R$ 16,10 +0,12% PETR4 R$ 29,36 +1,63% IBOVESPA 107.557,67 pts +0,65% GGBR4 R$ 28,95 +1,58% VALE3 R$ 76,33 +0,74%
Delay: 15 min
Mercado

Fechamento de Mercado: Semana começa com leve queda da bolsa, mas dólar sobe forte

Painel eletrônico exibe cotações da Bolsa de Valores brasileira
Painel da B3. (Amanda Perobelli/ Reuters)

A semana começou com mau humor nos mercados globais. A postura defensiva dos investidores na Europa foi uma resposta aos dados econômicos da China mais fracos que o esperado, ao mesmo tempo em que o resultado da produção industrial norte-americana também frustrou as expectativas. Nos EUA, os índices acionários não seguiram direção única, com a boa alta de empresas de tecnologia deixando o Nasdaq com ganhos de 0,8%.

Entre as commodities, o minério voltou a recuar 1% nesta madrugada, enquanto o petróleo também realizou lucros e fechou estável, após alta pela manhã. No Brasil, o Ibovespa chegou a ter queda mais acentuada na abertura, pressionado por alguns ruídos sobre paralisação dos caminhoneiros e outros pontos de indefinição, como a PEC dos Precatórios, prevista para ser discutida essa semana no Congresso.

Ao longo da tarde, porém, o movimento de queda perdeu força, e o índice encerrou o dia com leve baixa de 0,2%, aos 114.428 pontos e giro financeiro de R$ 33 bilhões. No mercado de câmbio, a postura mais defensiva ficou mais evidente, com o dólar avançando 1,2%, aos R$ 5,52.

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos