EURO R$ 6,19 -0,18% DÓLAR R$ 5,26 +0,26% ITUB4 R$ 28,59 +0,25% ABEV3 R$ 16,22 +1,25% MGLU3 R$ 16,31 -1,87% GGBR4 R$ 26,55 -2,85% IBOVESPA 113.794,28 pts -1,10% BBDC4 R$ 20,85 -0,90% PETR4 R$ 26,14 -0,72% VALE3 R$ 87,80 -4,29%
EURO R$ 6,19 -0,18% DÓLAR R$ 5,26 +0,26% ITUB4 R$ 28,59 +0,25% ABEV3 R$ 16,22 +1,25% MGLU3 R$ 16,31 -1,87% GGBR4 R$ 26,55 -2,85% IBOVESPA 113.794,28 pts -1,10% BBDC4 R$ 20,85 -0,90% PETR4 R$ 26,14 -0,72% VALE3 R$ 87,80 -4,29%
Delay: 15 min
Mercado

Hackers atacam a JBS (JBSS3), maior processadora de carne do mundo

A JBS disse em um comunicado à imprensa que seus servidores de backup não foram afetados

JBS. Foto: J.F. Diorio/Estadão
  • A JBS (JBSS3), maior processadora de carne do mundo, foi alvo de um ataque de hackers no último fim de semana num momento em que a companhia continua lutando contra as convulsões na cadeia de fornecedores causadas pela pandemia do coronavírus
  • A empresa está trabalhando com uma companhia de segurança cibernética para restaurar seus sistemas
  • Embora não tenha conhecimento de qualquer evidência de que os invasores comprometeram ou usaram indevidamente os dados vinculados a seus clientes, fornecedores ou funcionários, a JBS disse que resolver as consequências do ataque "pode ​​atrasar certas transações com clientes ou fornecedores"

(Hamza Shaban/WP Bloomberg) – A JBS (JBSS3), maior processadora de carne do mundo, foi alvo de um ataque de hackers no último fim de semana num momento em que a companhia continua lutando contra as convulsões na cadeia de fornecedores causadas pela pandemia do coronavírus.

A JBS disse em um comunicado à imprensa que detectou a invasão em suas redes de computadores na América do Norte e na Austrália no domingo, mas que seus servidores de backup não foram afetados. A empresa está trabalhando com uma companhia de segurança cibernética para restaurar seus sistemas.

Embora não tenha conhecimento de qualquer evidência de que os invasores comprometeram ou usaram indevidamente os dados vinculados a seus clientes, fornecedores ou funcionários, a JBS disse que resolver as consequências do ataque “pode ​​atrasar certas transações com clientes ou fornecedores”. Não especificou como suas operações podem ter sido afetadas.

A JBS não respondeu imediatamente a um pedido de entrevista.

O ataque cibernético é o último a atingir uma cadeia de suprimentos crucial ou uma grande instituição. Três semanas atrás, o Colonial Pipeline, principal operador de dutos de combustíveis dos EUA, interrompeu uma peça-chave da infraestrutura de combustível da Costa Leste gerando pânico na compra e escassez temporária de gasolina em vários estados, incluindo a capital do país.

Os hackers saíram do ataque de ransomware com US$ 4,4 milhões, de acordo com o presidente-executivo da Colonial Pipeline, Joseph Blount. Autoridades federais vincularam o ataque a um grupo com sede na Rússia chamado DarkSide, que, segundo os pesquisadores, extraiu US$ 46 milhões em pagamentos de resgate apenas neste ano. Apesar da polêmica decisão de pagar aos malfeitores, o que pode incentivá-los a buscar ainda mais ataques, Blount descreveu o pagamento como “a coisa certa a se fazer pelo país”, dada a importância crítica da infraestrutura de sua empresa.

A necessidade de proteger melhor as cadeias de abastecimento do país levou o Departamento Interno de Segurança a emitir novas diretrizes de segurança no mês passado para regular, pela primeira vez, a indústria de dutos.

Um colapso na cadeia de abastecimento alimentar emergiu durante a propagação inicial do coronavírus no ano passado. Quando o surto atingiu as fábricas de frigoríficos, centenas de trabalhadores adoeceram, forçando os matadouros de propriedade da Tyson, Smithfield Foods e JBS USA a fecharem suas plantas.

A JBS é a maior produtora de carne bovina dos EUA e a segunda maior produtora de suínos e aves, de acordo com seu site. É a maior empresa de processamento de carnes e alimentos da Austrália.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos