EURO R$ 6,21 -1,63% MGLU3 R$ 6,35 +7,81% BBDC4 R$ 21,14 -1,08% ABEV3 R$ 14,53 -0,34% DÓLAR R$ 5,47 -1,80% IBOVESPA 108.105,72 pts +1,35% PETR4 R$ 31,59 -0,16% ITUB4 R$ 23,52 -0,51% VALE3 R$ 88,25 +2,25% GGBR4 R$ 28,98 +1,33%
EURO R$ 6,21 -1,63% MGLU3 R$ 6,35 +7,81% BBDC4 R$ 21,14 -1,08% ABEV3 R$ 14,53 -0,34% DÓLAR R$ 5,47 -1,80% IBOVESPA 108.105,72 pts +1,35% PETR4 R$ 31,59 -0,16% ITUB4 R$ 23,52 -0,51% VALE3 R$ 88,25 +2,25% GGBR4 R$ 28,98 +1,33%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Méliuz (CASH3), Azul (AZUL4) e CSN (CSNA3) são os destaques positivos do dia

Índice subiu 1,54% nesta quinta-feira (11), aos 107.594,67 pontos

Avião da Azul.
Avião da Azul. Foto: Sergio Moraes/Reuters
  • O Ibovespa subiu 1,54% nesta quinta-feira (11), aos 107.594,67 pontos e com volume negociado de R$ 32,04 bilhões
  • Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Méliuz (CASH3), Azul (AZUL4) e CSN (CSNA3)

O Ibovespa subiu 1,54% nesta quinta-feira (11), aos 107.594,67 pontos e com volume negociado de R$ 32,04 bilhões. Segundo Alexsandro Nishimura, economista, head de conteúdo e sócio da BRA, o Ibov, enfim, ganhou fôlego para superar a estreita faixa que operava desde o final de outubro.

“O otimismo sobressaiu às incertezas fiscais, com a esperança de aprovação da PEC dos Precatórios no Senado, e aos dados de vendas do varejo em setembro”, diz Nishimura

Em Nova York, o S&P 500 e o Dow Jones fecharam o dia de maneiras distintas. Enquanto o S&P encerrou em alta de 0,055%, o DJI terminou a sessão com queda de 0,44%. O Nasdaq também terminou o dia com valorização de 0,52%.

Os três papéis que mais valorizaram hoje foram Méliuz (CASH3), Azul (AZUL4) e CSN (CSNA3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Méliuz (CASH3): +10,08%, R$ 4,26

Sem gatilhos específicos, as ações da Méliuz terminaram a sessão como a maior alta do dia, com avanço de R4 10,08%, para R$ 4,26.

No ano, as ações registram alta de 70,80% e no mês acumulam alta de 29%.

Azul (AZUL4): +9,91%, R$ 29,06

Os papéis da Azul saltaram 9,91%, segundo maior ganho do índice, após a divulgação do balanço da companhia. Para o Itaú BBA, a empresa reportou resultados sólidos. A casa destaca que a receita operacional por assentos-quilômetro oferecidos (RASK) bateu os níveis de 2019 pela primeira vez desde o começo da pandemia.

No ano, os papéis acumulam desvalorização de 26,11%. No mês, registram alta de 16,77%.

CSN (CSNA3): +7,27%, R$ 22,71

Em dia de recuperação, os setores de siderurgia, segmento do qual a CSN faz parte e também o de mineração, subiram em bloco, com o mercado expressando otimismo com o desfecho positivo do imbróglio envolvendo a Evergrande. Por causa disso, o preço do minério de ferro negociado em Qingdao, na China, fechou com alta de 4,13% nesta quinta-feira.

No ano, os papéis acumulam desvalorização de 25,58%; no mês, registram queda de 0,13%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos