MGLU3 R$ 8,06 -7,36% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% EURO R$ 6,35 +1,77% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
MGLU3 R$ 8,06 -7,36% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% EURO R$ 6,35 +1,77% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Qualicorp (QUAL3), CPFL Energia (CPFE3) e Ultrapar (UGPA3) são os destaques positivos do dia

Índice caiu 1,66% nesta segunda-feira (16), aos 119.180,03 pontos

Fachada do prédio da Qualicorp no bairro da Bela Vista, São Paulo
Fachada do prédio da Qualicorp no bairro da Bela Vista, São Paulo. Foto: Alex Silva/Estadão
  • O Ibovespa subiu 0,41% nesta segunda-feira (16), aos 119.180,03 pontos e volume negociado de R$ 38,6 bilhões
  • Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Qualicorp (QUAL3), CPFL Energia (CPFE3) e Ultrapar (UGPA3)

O Ibovespa caiu 1,66% nesta segunda-feira (16), aos 119.180,03 pontos e volume negociado de R$ 38,6 bilhões. O índice de ações teve o primeiro fechamento abaixo dos 120 mil pontos desde 12 de maio, quando registrou 119.710,03 pontos, e o pior nível de encerramento desde 4 de maio (117.712,00 pontos).

Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial Investimentos, explica que houve uma “tempestade” nos cenários nacional e internacional. Lá fora, a questão do Talibã tomando o poder no Afeganistão e a China acenando ao grupo não pesaram bem nos mercados internacionais.

“No âmbito local, temos muitos ruídos vindos de Brasília, além da preocupação com o teto de gastos, que gera aversão ao risco no pregão local. Os principais papéis que estão caindo hoje são de empresas que já tiveram destaque nesse ano de alta”, diz Costa.

Em Nova York, o S&P 500 e Dow Jones fecharam com altas de 0,26% e 0,31%, respectivamente. Já o Nasdaq terminou o dia em queda de 0,20%.

Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Qualicorp (QUAL3), CPFL Energia (CPFE3) e Ultrapar (UGPA3)

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Qualicorp (QUAL3): +4,43%, R$ 19,80

Segundo Bruno Madruga, sócio e chefe de renda variável da Monte Bravo Investimentos, não há motivo específico para a melhora do papel, que está recuperando as perdas da última semana, quando recuou 19% em três pregões.

Os papéis da Qualicorp tiveram a maior alta do dia, com valorização de 4,43%, cotados a R$ 19,80.

A CPFE3 cai 23,11% no mês e acumula queda de 38,79% no ano.

CPFL Energia (CPFE3): +1,97%, R$ 26,94

As ações da CPFL subiram 1,97% no pregão,  cotadas a R$ 26,94.

Os papéis sobem 6,40% no mês, e registram queda de 12,76% no ano.

Ultrapar (UGPA3): +1,67%, R$ 15,85

A alta nas ações foi um reflexo do anúncio da venda das ações da Oxiteno. Em um relatório enviado aos clientes, o Citi informou que a venda da Oxiteno e da Extrafarma pela Ultrapar pode contribuir para a coesão da empresa, que ficará mais focada na manutenção de escala e penetração das atividades de óleo e gás.

As ações encerraram o pregão com valorização de 1,67%, cotadas a R$ 15,85.

No ano os papéis caem 30,85%. No mês, a queda é de 10,35%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos