ITUB4 R$ 24,86 -0,16% DÓLAR R$ 5,64 +0,68% MGLU3 R$ 12,91 -2,57% EURO R$ 6,56 +0,66% BBDC4 R$ 21,62 +0,05% IBOVESPA 109.149,37 pts -1,48% GGBR4 R$ 26,73 -2,23% PETR4 R$ 27,90 -1,80% ABEV3 R$ 15,23 -0,78% VALE3 R$ 74,00 -3,15%
ITUB4 R$ 24,86 -0,16% DÓLAR R$ 5,64 +0,68% MGLU3 R$ 12,91 -2,57% EURO R$ 6,56 +0,66% BBDC4 R$ 21,62 +0,05% IBOVESPA 109.149,37 pts -1,48% GGBR4 R$ 26,73 -2,23% PETR4 R$ 27,90 -1,80% ABEV3 R$ 15,23 -0,78% VALE3 R$ 74,00 -3,15%
Delay: 15 min

Uma ação do presente para garantir o seu futuro

Louise Barsi é formada em economia e contabilidade e especialista em mercado de capitais. Analista CNPI, ela se dedica à empresa de educação digital Ações Garantem o Futuro, que foi criada para desmistificar a Bolsa de Valores para os investidores brasileiros.

Escreve às sextas-feiras, a cada 15 dias.

Louise Barsi

18 empresas pagadoras de dividendos anunciaram recompra de ações

Ao que tudo indica, o chamado 'buyback' deverá ser um mecanismo cada vez mais comum por aqui

Homens observando o logo da B3 em sua sede em São Paulo.
Homens observando o logo da B3 em sua sede em São Paulo. (Daniel Teixeira/Estadão)
  • Chamada também de buyback, a recompra de ações, como o nome sugere, é uma operação em que uma empresa compra as ações de sua própria emissão, negociadas no mercado secundário
  • A recompra de ação deverá ser um mecanismo cada vez mais comum por aqui. Nos EUA, por exemplo, foram gastos mais de US$ 5 trilhões de 2010 a 2020, atingindo o pico de US$ 220 bilhões em 2018

O presidente da Câmara, Arthur Lira, promete que a votação sobre a proposta da Reforma Tributária deve ocorrer em breve. Quem acompanha esta coluna e o conteúdo do Ações Garantem o Futuro (AGF) sabe o quanto achamos prejudicial para o mercado de capitais alguns dos pontos sugeridos pela pasta da Economia.

De qualquer maneira, a tributação dos dividendos não inviabiliza a estratégia focada em renda passiva que propagamos no Jeito Barsi de Investir. Será um empecilho extra, mas o dividendo não foi extinto em outros países que adotam esse modelo de IR. Ao contrário, é natural que as empresas busquem formas complementares de remunerar os seus acionistas.

A grosso modo, para qualquer empresa existem poucas opções viáveis de destinação dos seus lucros, todas com o objetivo de maximizar o valor aos acionistas. Por ordem de prioridade, os recursos serão direcionados primeiramente para reservas legais e estatutárias, e partir de então haverá duas possibilidades: distribuição ou retenção.

Se optar por distribuir, uma parte poderá ser feita via dividendos ou JCP. Caso contrário, o dinheiro poderá ser reinvestido em novos projetos, usado para fortalecer o capital de giro, até mesmo para adquirir uma outra empresa, por exemplo, e por fim recomprar suas próprias ações no mercado.

Chamada também de buyback, a recompra de ações, como o nome sugere, é uma operação em que uma empresa compra as ações de sua própria emissão, negociadas no mercado secundário. As ações recompradas saem de circulação e passam a integrar a conta de ações em tesouraria. Como isso beneficia o investidor? Ora, estas ações não terão direito a proventos. Portanto no momento da distribuição, o dividendo por ação tende a ser maior.

10% (percentual de recompra)Sem recompraCom recompra
Lucro líquidoR$ 1.000R$ 1.000
Nº ações no mercado10090
Payout25%25%
Dividendo por açãoR$ 2,50R$ 2,77
Ações na carteira100100
Valor do dividendo recebidoR$ 250R$277

 

O exemplo numérico acima é simplista, mas nos ajuda a compreender como funciona a dinâmica da recompra de ações. Repare que o investidor não realizou nenhum aporte neste cálculo e mesmo assim o valor total recebido por ele será maior. Isto acontece justamente porque o lucro será repartido com um número menor de ações em circulação.

Um programa como este fará sentido apenas se (1) a empresa tiver caixa sobrando, (2) o preço de mercado for considerado descontado em relação às perspectivas de longo prazo. Em outras palavras, pode sinalizar ao investidor que as ações estão baratas. Prova disto foi o boom de recompras em 2020, auge da crise pandêmica, com mais de 70 programas anunciados, o maior número já registrado desde 1998.

A companhia precisará seguir algumas regras, claro. Primeiro, ocorre a autorização em seu Conselho de Administração e segundo, o protocolo no órgão responsável pela fiscalização do mercado, a CVM. Assim que aprovado o programa, a empresa tem a obrigatoriedade de divulgar as condições do buyback, geralmente com a data de início e fim, classe e quantidade de ativos, não excedendo 10% das ações em circulação, destinação das ações recompradas e a corretora ou banco intermediador.

Lembrando que a empresa terá até 12 meses para completar o seu plano, mas sem a obrigação efetiva de comprar as ações. Caso o preço suba, ela poderá optar por não realizar novas compras. Justamente por isso, é extremamente importante que o investidor acompanhe quantas ações foram efetivamente para a tesouraria e qual será o seu destino. Elas poderão ser simplesmente canceladas ou alienadas quando a administração julgar lucrativo.

Ao que tudo indica, a recompra de ação deverá ser um mecanismo cada vez mais comum por aqui. Nos EUA, por exemplo, foram gastos mais de US$ 5 trilhões de 2010 a 2020, atingindo o pico de US$ 220 bilhões em 2018. Assim como deve acontecer no Brasil, o estímulo na terra do Tio Sam foi maior a partir de 2017, com a diminuição de impostos para pessoa jurídica proposta por Trump.

Veja abaixo a lista com as principais empresas pagadoras de dividendos com programas de recompra anunciados em 2021.

Empresa/nível de GovernançaTickerData de AprovaçãoPrazoQuantidade de Ações
InícioTérmino
SER EDUCA (NM)SEER320/01/202121/01/202121/01/20224.939.840
SANTANDER BR (BOLSA)SANB1102/02/202103/02/202102/08/202236.956.402
PORTO SEGURO (NM)PSSA303/02/202103/02/202102/02/20225.000.000
ITAUSA (N1)ITSA422/02/202123/02/202123/08/2022200.000.000
HYPERA (NM)HYPE326/02/202126/02/202126/08/20224.200.000
B3 (NM)B3SA304/03/202105/03/202128/02/202227.600.000
AMBEV S/A (BOLSA)ABEV318/03/202118/03/202118/09/20225.700.000
BANCO BMG (N1)BMGB430/03/202131/03/202131/03/20229.905.227
ODONTOPREV (NM)ODPV330/03/202131/03/202130/09/202210.000.000
CAMIL (NM)CAML331/03/202101/04/202131/03/20224.000.000
VALE (NM)VALE301/04/202101/04/202101/04/2022270.000.000
BRADESCO (N1)BBDC423/04/202126/04/202126/04/202248.485.003
TIM (NM)TIMS305/05/202105/05/202105/11/20222.890.417
JBS (NM)JBSS312/05/202112/05/202112/11/2022137.628.458
PORTOBELLO (NM)PTBL314/06/202115/06/202114/06/20226.542.817
SID NACIONAL (BOLSA)CSNA321/06/202122/06/202122/12/202124.154.500
PETROBRAS (N2)PETR328/07/202111/08/202110/02/2023116.500.000
GRENDENE (NM)GRND329/07/202130/07/202120/01/20235.000.000

 

Fonte: B3

 

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos