EURO R$ 5,18 -0,05% DÓLAR R$ 5,10 +0,05% MGLU3 R$ 4,04 +13,41% BBDC4 R$ 19,43 -0,56% ABEV3 R$ 15,42 +1,45% ITUB4 R$ 26,97 +0,97% PETR4 R$ 31,72 -0,35% GGBR4 R$ 25,82 -1,07% IBOVESPA 113.031,98 pts +0,24% VALE3 R$ 68,30 -2,08%
EURO R$ 5,18 -0,05% DÓLAR R$ 5,10 +0,05% MGLU3 R$ 4,04 +13,41% BBDC4 R$ 19,43 -0,56% ABEV3 R$ 15,42 +1,45% ITUB4 R$ 26,97 +0,97% PETR4 R$ 31,72 -0,35% GGBR4 R$ 25,82 -1,07% IBOVESPA 113.031,98 pts +0,24% VALE3 R$ 68,30 -2,08%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: IRB Brasil (IRBR3), BRF (BRFS3) e Banco do Brasil (BBAS3) são os destaques positivos do dia

Índice subiu 1,71% nesta segunda-feira (23), aos 110.345,82 pontos

Ibovespa hoje: IRB Brasil (IRBR3), BRF (BRFS3) e Banco do Brasil (BBAS3) são os destaques positivos do dia
(Fonte: Shutterstock)
  • O Ibovespa subiu 1,71% nesta segunda-feira (23), aos 110.345,82 pontos e volume negociado de R$ 26 bilhões
  • Os três papéis que mais valorizaram no dia foram IRB Brasil (IRBR3), BRF (BRFS3) e Banco do Brasil (BBAS3)

O Ibovespa subiu 1,71% nesta segunda-feira (23), aos 110.345,82 pontos e volume negociado de R$ 26 bilhões. A notícia da reabertura parcial de Xangai no último domingo (22), após seis semanas de lockdown diante da política de covid zero adotada pelo governo chinês, foi recebida com otimismo pelo mercado e elevou o preço das commodities, contribuindo para a alta do índice.

“O aumento no preço das commodities tende a impactar positivamente o Ibovespa, que tem quase 40% de sua composição exposta a esse setor”, explica André Meirelles, Diretor de Alocação e Distribuição da InvestSmart XP.

Além disso, a bolsa brasileira seguiu o desempenho positivo das bolsas do exterior. Após semanas em queda, os índices de Nova York voltaram a registrar alta. “S&P caiu por sete semanas seguidas, então é natural que exista um respiro e alívio da pressão vendedora que vinha tomando conta dos mercados”, diz Leandro Petrokas, Diretor de Research e sócio da Quantzed, empresa de tecnologia e educação para investidores.

Em Nova York, o S&P 500 e Dow Jones fecharam o dia em alta de 1,86% e 1,98%, respectivamente. Já  Nasdaq teve queda de 1,59%.

Os três papéis que mais valorizaram no dia foram IRB Brasil (IRBR3), BRF (BRFS3) e Banco do Brasil (BBAS3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

IRB Brasil (IRBR3): +9,23%, R$ 2,84

As ações do IRB Brasil avançaram em 9,23%, cotadas a R$ 2,84. As altas dos papéis são observadas desde sexta-feira (20), quando o ativo chegou a disparar 6%, em um movimento que sucede a forte queda registrada após o balanço do primeiro trimestre, reportado no último dia 16.

Em maio, as ações IRBR3 têm alta de 2,53%. No ano, acumulam queda de 29,35%.

BRF (BRFS3): +4,86%, R$ 14,23

As ações da BRF tiveram alta de 4,86%, cotadas a R$ 14,23. A valorização dos papéis contrasta com altas mais modestas dos seus pares. Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) tiveram altas de 0,07% e 1,44%, respectivamente.

No mês, os papéis BRFS3 apreciam em 4,79%. No ano, acumulam baixa de 36,81%.

Banco do Brasil (BBAS3): +4,22%, R$ 38,56

As ações do Banco do Brasil subiram 4,22%, cotados a R$ 38,56. Os papéis da instituição financeira acompanham os pares de Nova York e a busca de investidores por ativos de maior liquidez.

No mês, as ações do banco têm alta de 16,07%. No ano, elas sobem 37,27%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos