EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Eletrobras (ELET6 e ELET3) e Usiminas (USIM5) são os destaques positivos

Índice teve queda de 7,09% e chegou aos 110.035,17 pontos em 26 de fevereiro

Logo da Eletrobras
Logo da Eletrobras (Foto: Brendan McDermid/Reuters)
  • O principal índice da B3 caiu em três dos cinco pregões da semana, pressionado pelo temor de interferência em estatais e da possível volta do auxílio emergencial sem redução de gastos
  • As três ações que mais ganharam na semana foram Eletrobras (ELET6 e ELET3) e Usiminas (USIM5)

O Ibovespa na semana do dia 22 e 26 de fevereiro caiu 7,09% e encerrou aos 110.035,17 pontos. O principal índice da B3 teve queda nos pregões de segunda-feira (22) (4,87%), quinta-feira (25) (2,95%) e sexta-feira (26) (1,98%). Já nas sessões de terça-feira (23) e quarta-feira (24), o IBOV registrou alta de 2,27% e 0,38%, respectivamente.

Nos dias negativos, o IBOV foi pressionado pelo temor de investidores quanto à interferência do governo em empresas de controle estatal, como a Petrobras, além da possibilidade de retorno do auxílio emergencial sem redução de gastos.

O Ibovespa avançou nos dias positivos com as estatais no foco do mercado, com a recuperação de parte das perdas da Petrobras e com o otimismo de investidores em torno da nova iniciativa do governo de privatizar a Eletrobras.

As três ações que registraram as maiores altas do Ibovespa na semana foram Eletrobras (ELET6 e ELET3) e Usiminas (USIM5).

Confira como foi o desempenho desses três papéis:

Eletrobras (ELET6): +11,88%, R$ 32,77

Com valorização acumulada de 11,88%, as ações preferenciais da empresa encerraram a semana com o melhor desempenho, cotadas a R$ 32,77. Os papéis foram beneficiados com a notícia da MP que possibilitaria a privatização da elétrica.


No mês, as ações da empresa têm valorização de 19,77%, e no ano, desvalorização de 6,96%.

Eletrobras (ELET3): +11,34%, R$ 32,41

Com alta acumulada de 11,34%, as ações ordinárias da empresa tiveram o segundo melhor desempenho da semana e encerraram o período cotadas a R$ 32,41. Os papéis ON avançaram pelos mesmos motivos dos papéis preferenciais da elétrica.

No mês, as ações ON da empresa têm valorização de 18,33%, e no ano, desvalorização de 7,43%, respectivamente.

Usiminas (USIM5): +8,48%, R$ 16,24

Com variação positiva acumulada de 8,48% na semana, as ações preferenciais da empresa fecham o top 3 das maiores altas do período, cotadas a R$ 16,24. Na quarta-feira (24), o papel teve a segunda maior valorização da sessão (9,53%) em um dia positivo para o setor de mineração na bolsa.

No mês, as ações da empresa têm valorização de 23,03%, e no ano, de 11,16%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos