Mercado

Mercado hoje: Nvidia (NVDC34) embala Nova York antes de ata do BCE e falas do Fed

No Brasil, os investidores estarão atentos ao relatório Focus e aos dados de arrecadação federal de janeiro

Mercado hoje: Nvidia (NVDC34) embala Nova York antes de ata do BCE e falas do Fed
(Foto: Envato Elements)

A atenção desta quinta-feira (22) está voltada para questões externas, principalmente para eventos como a divulgação da ata mais recente da reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), os dados de inflação na zona do euro e os Índices de Gerentes de Compras (PMIs) tanto nos Estados Unidos quanto na Europa.

No Brasil, os investidores estarão atentos ao relatório Focus e aos dados de arrecadação federal de janeiro, além da cerimônia de posse de Flávio Dino como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que contará com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Posteriormente, Lula se encontrará com o presidente da Câmara, Arthur Lira, e outros líderes para discutir a agenda econômica. Também está prevista a divulgação do balanço da Vale (VALE3), podendo haver uma reunião do conselho para discutir a sucessão na empresa.

O desempenho do Ibovespa é influenciado pelo apetite por risco externo e pela alta do petróleo, impulsionando as ações da Petrobras (PETR3;PETR4), enquanto os papéis da Vale enfrentam pressão devido à queda do minério de ferro em Dalian, na China, em meio às expectativas pelo balanço trimestral da mineradora. Além disso, o mercado está atento aos resultados financeiros de empresas como Assaí e aos dados de arrecadação. Espera-se que a receita do governo com impostos e contribuições federais tenha atingido R$ 277,0 bilhões em janeiro, impulsionada pelos recolhimentos previdenciários e pela tributação de fundos exclusivos. O recuo nos rendimentos dos Treasuries (títulos de dívidas emitidos pelo governo norte-americano) e do dólar pode aliviar os ajustes na curva de juros e no mercado de câmbio.

Quanto à agenda econômica no Congresso, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, indicou que o governo deve acatar a proposta do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, de dividir os conteúdos da medida provisória (MP) que propôs a reoneração gradual da folha de pagamento em projeto de lei com urgência constitucional para temas já tratados pelo Legislativo.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Haddad também mencionou ter discutido com o presidente da Câmara, Arthur Lira, sobre a controvérsia em torno dos valores do programa Perse e solicitou mais prazo para apresentar os dados, considerando o recente término da paralisação dos auditores-fiscais. Pacheco, em entrevista coletiva, afirmou que uma solução política foi alcançada e que o governo não tratará da reoneração por meio de MP.

Agenda desta terça-feira

No cenário internacional, a ata do BCE será divulgada às 9h30, enquanto nos Estados Unidos, os destaques incluem os pedidos semanais de auxílio-desemprego às 10h30, juntamente com os PMIs preliminares composto, de serviços e industrial de fevereiro às 11h45. Além disso, estão programadas participações de dirigentes do Federal Reserve em eventos, incluindo o vice-presidente Philip Jefferson às 12h, Patrick Harker, da Filadélfia, às 16h, a diretora Lisa Cook às 19h, Neel Kashkari, de Minneapolis, também às 19h, e o diretor Christopher Waller às 21h35.

No cenário nacional, o relatório Focus será divulgado às 8h30, seguido pelos dados de arrecadação do governo federal em janeiro às 10h30, com uma entrevista coletiva marcada para as 11 horas. No mesmo horário, o Tesouro Nacional realizará leilões de venda de LTN e NTN-F. O diretor de Política Monetária do Banco Central, Gabriel Galípolo, estará presente em um evento da Câmara Espanhola, em São Paulo, às 9 horas. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, tem agendada uma reunião com o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, às 11 horas, seguida pela sua participação na posse de Flávio Dino no STF, às 16 horas.

 

 

 

Publicidade