MGLU3 R$ 7,80 -2,99% EURO R$ 6,39 +0,25% ITUB4 R$ 22,38 -1,24% BBDC4 R$ 19,91 -1,78% DÓLAR R$ 5,64 +0,34% PETR4 R$ 29,43 -0,14% IBOVESPA 101.915,45 pts -0,87% GGBR4 R$ 25,80 +0,00% ABEV3 R$ 16,06 -1,71% VALE3 R$ 69,95 +0,65%
MGLU3 R$ 7,80 -2,99% EURO R$ 6,39 +0,25% ITUB4 R$ 22,38 -1,24% BBDC4 R$ 19,91 -1,78% DÓLAR R$ 5,64 +0,34% PETR4 R$ 29,43 -0,14% IBOVESPA 101.915,45 pts -0,87% GGBR4 R$ 25,80 +0,00% ABEV3 R$ 16,06 -1,71% VALE3 R$ 69,95 +0,65%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Bradespar (BRAP4), Braskem (BRKM5) e Gerdau (GGBR4) são os destaques negativos

Índice caiu 0,14% nesta quinta-feira (05), aos 121.632,92 pontos

Petroquímica Brasken com placa indicando nome Braskem e fundo de céu azul
Refinaria da Braskem nos Estados Unidos (Foto: Getty Images)
  • O Ibovespa caiu 0,14% nesta quinta-feira (05), aos 121.632,92 pontos e volume negociado de R$ 38,4 bilhões
  • Os três papéis que mais desvalorizaram no dia foram Bradespar (BRAP4), Braskem (BRKM5) e Gerdau (GGBR4)

(Por Jenne Andrade e Rebeca Soares) O Ibovespa caiu 0,14% nesta quinta-feira (05), aos 121.632,92 pontos e volume negociado de R$ 38,4 bilhões. O principal índice de ações da B3 foi impactado pelos temores relacionados às questões fiscais após a confirmação do ‘Auxílio Brasil’,  que terá um valor 50% superior ao do Bolsa Família. A correção das commodities metálicas e o tom mais duro do Comitê de Politica Monetária (Copom) sobre a Selic também amplificaram o viés de queda.

“O Comitê garantiu pelo menos mais um aumento de 1 ponto percentual para a próxima reunião e pelas sinalizações dadas passou a ser conservador apostar que a Selic chegará em 7,25% ainda este ano — o que fez a parte curta da curva inclinar ainda mais e já mirar a casa de 8% no ano que vem”, explica Rafael Ribeiro, analista da Clear Corretora, em comunicado à imprensa.

Com o desempenho, o Ibov se descola do exterior. Em Nova York, o S&P 500, Nasdaq e Dow Jones fecharam com altas de 0,60%, 0,78% e 0,78%, respectivamente.

Os três papéis que mais desvalorizaram no dia foram Bradespar (BRAP4), Braskem (BRKM5) e Gerdau (GGBR4)

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Bradespar (BRAP4): -5,30%, R$ 72,30

Por influência da queda da Vale, a Bradespar, principal acionista da mineradora, seguiu na direção negativa. A cautela no setor é resultado da postura do governo chinês em tentar controlar a alta do minério. As ações recuam 5,30%, precificadas a R$ 72,30.

As ações caem 2,24%no mês, mas acumulam alta de 21,98% no ano.

Braskem (BRKM5): -4,72%, R$ 55,09

Apesar do crescimento de mais de 130% no ano, os papéis podem ter sido influenciados pela preocupação com a taxação de dividendos no texto da Reforma Tributária.

Para o analista da Levante Flávio Conde, o balanço de 2T21 da empresa foi positivo e as ações ainda têm potencial para crescimento, mas o impacto fiscal aos dividendos pode ter afetado a queda. Os papéis caem 4,72%, sendo cotados a R$ 55,09.

A BRKM5 cai 4,61% no mês, mas registra crescimento de 133,73% no ano.

Gerdau (GGBR4): -4,65%, R$ 30,14

Mesmo tendo uma tendência de alta na semana por influência do fluxo positivo do setor de siderúrgicas, a empresa registrou forte queda no pregão desta quinta. Para analistas, a baixa é resultado de uma correção após altas no mês anterior. Os papéis caem 4,65%, custando R$ 30,14.

As ações caem 2,14% no mês, mas acumulam valorização de 25,22% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos