DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,24 -0,19% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,24 -0,19% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Hapvida (HAPV3), Positivo (POSI3) e Méliuz (CASH3) são os destaques negativos

O índice caiu 0,82% nesta segunda-feira (06), aos 110.185,91 pontos

Ibovespa hoje: Hapvida (HAPV3), Positivo (POSI3) e Méliuz (CASH3) são os destaques negativos
Fachada de uma unidade de atendimento da Hapvida (HAPV3), em Fortaleza (CE) (Foto: Rebeca Soares/repórter do E-Investidor)
  • O Ibovespa hoje fechou em baixa de 0,82%, aos 110.185,91 pontos e com volume negociado de R$ 16,7 bilhões
  • As três ações que mais caíram no pregão foram Hapvida (HAPV3), Positivo (POSI3) e Meliuz (CASH3)

O Ibovespa hoje fechou em baixa de 0,82%, aos 110.185,91 pontos e com volume negociado de R$ 16,7 bilhões. O principal destaque desta segunda-feira (6) foi justamente o ‘baixíssimo’ volume de negociação, enquanto no exterior o clima nos mercados segue ameno.

“Temos uma notícia relevante em relação a um documento divulgado em que a chapa Lula-Alckmin prevê revogação da reforma trabalhista e uso de estatais para alavancar desenvolvimento. Pode ser que isso tenha feito preço no nosso mercado, descolando do desempenho das bolsas internacionais que trabalham no campo positivo”, afirma Leandro Petrokas, Diretor de Research e sócio da Quantzed, empresa de tecnologia e educação para investidores.

Os investidores também acompanharam de perto o imbróglio de suspensão da assembleia de Furnas, essencial para a continuidade do processo de privatização da Eletrobras. No final, a liminar de suspensão foi derrubada e não houve grande impacto sobre os papéis da companhia de energia.

Na contramão do Ibov, o S&P 500, Dow Jones e Nasdaq finalizaram as negociações com altas de 0,31%, 0,049% e 0,40%, respectivamente. O dólar e o euro também se apreciaram frente ao real. A moeda americana registrou valorização de 0,37%, aos R$ 4,79, e o euro subiu 0,12%, aos R$ 5,13.

As três ações que mais caíram no pregão foram Hapvida (HAPV3), Positivo (POSI3) e Meliuz (CASH3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Hapvida (HAPV3): -6,15%, R$ 5,95

Os papéis da Hapvida foram os principais destaques negativos do dia, com uma baixa de 6,15%, aos R$ 5,95.

A HAPV3 cai 11,46% no mês e 42,68% no ano.

Positivo (POSI3): -6,13%, R$ 8,11

A redução do apetite ao risco impactou as ações das techs na B3. Os ativos da Positivo caíram 6,13%, aos R$ 8,11.

A POSI3 sobe 8,13% no mês. Já no cenário anual, acumula queda de 22,24%.

Méliuz (CASH3): -6,11%, R$ 1,69

Os papéis da Méliuz também sofrem com a redução do apetite ao risco e cai com as demais techs do Ibovespa. As ações terminaram o pregão em baixa de 6,11%, aos R$ 1,69.

A CASH3 cai 11,05% no mês e 47,84% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos