EURO R$ 5,15 -1,26% MGLU3 R$ 3,67 -1,61% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% PETR4 R$ 34,95 +2,28% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
EURO R$ 5,15 -1,26% MGLU3 R$ 3,67 -1,61% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% PETR4 R$ 34,95 +2,28% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Méliuz (CASH3), Via (VIIA3) e Banco Inter (BIDI11) são os destaques negativos

Índice subiu 0,27% nesta segunda-feira (25), aos 113.583,01 pontos

Ibovespa hoje: Méliuz (CASH3), Via (VIIA3) e Banco Inter (BIDI11) são os destaques negativos
Foto: Cynthia Decloedt/ESTADAO
  • O Ibovespa subiu 0,27% nesta segunda-feira (25), aos 113.583,01 pontos e com volume negociado de R$ 30,44 bilhões
  • Os três papéis que mais desvalorizaram no dia foram Méliuz (CASH3), Via (VIIA3) e Banco Inter (BIDI11)

O Ibovespa subiu 0,27% nesta segunda-feira (27), aos 113.583,01 pontos e com volume negociado de R$ 30,44 bilhões. Segundo Eduardo Marzbanian, analista técnico da Wise Investimentos, ações de varejo e construtoras pressionaram o índice para baixo. Mas, por outro lado, papéis ligados a commodities e bancos carregaram o índice nas costas.

“O anúncio da coletiva de imprensa da Petrobras para falar sobre o preço dos combustíveis deixou o mercado um pouco receoso e o Ibovespa engatou uma tendência de baixa, que foi logo revertida com a fala do presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, que deixou claro que não haverá intervenção nos preços dos combustíveis”, diz Marzbanian.

Em Nova York, o S&P 500 e o Dow Jones fecharam de maneiras distintas, S&P com baixa de 0,28% e DJI com alta de 0,21%. Já o Nasdaq terminou o dia com desvalorização de 0,52%.

Os três papéis que mais desvalorizaram hoje foram Méliuz (CASH3), Via (VIIA3) e Banco Inter (BIDI11).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Méliuz (CASH3): -5,18%, R$ 6,59

As ações de varejo e consumo foram impactadas pelos receios relacionados à inflação e à própria dinâmica fiscal no cenário doméstico. O ativo CASH3 caiu 5,18%, para R$ 6,59.

No mês, os papéis da companhia registram alta de 5,68%. No ano, acumulam valorização de 42,47%.

Via (VIIA3): -4,35%, R$ 8,13

Assim como no caso da Méliuz, as ações da Via seguem impactadas negativamente pelos receios da inflação. Os economistas do mercado financeiro elevaram a previsão do IPCA de 2021 de 8,35% para 8,45% no Boletim Focus. Foi a maior alta para o mês de setembro desde 1994.

No mês, os papéis acumulam queda de 22,14% e desvalorização de 49,94% no ano.

Banco Inter (BIDI11): -4,06%, R$ 58,60

Sem gatilhos específicos, as ações do Banco Inter encerraram o pregão entre as maiores quedas, com baixa de 4,06%, para R$ 58,60.

No mês, os papéis da BIDI11 registram desvalorização de 13,70%. No ano, acumulam alta de 78,35%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos