EURO R$ 5,23 +0,30% MGLU3 R$ 4,03 +0,25% DÓLAR R$ 5,19 +0,42% ABEV3 R$ 16,00 +2,25% BBDC4 R$ 19,86 +0,86% ITUB4 R$ 27,25 -0,37% PETR4 R$ 33,42 +1,95% VALE3 R$ 67,72 -0,70% GGBR4 R$ 24,22 -1,74% IBOVESPA 113.812,87 pts +0,09%
EURO R$ 5,23 +0,30% MGLU3 R$ 4,03 +0,25% DÓLAR R$ 5,19 +0,42% ABEV3 R$ 16,00 +2,25% BBDC4 R$ 19,86 +0,86% ITUB4 R$ 27,25 -0,37% PETR4 R$ 33,42 +1,95% VALE3 R$ 67,72 -0,70% GGBR4 R$ 24,22 -1,74% IBOVESPA 113.812,87 pts +0,09%
Delay: 15 min
Mercado

Após reajuste no preço da celulose, Ágora indica Suzano (SUZB3) como ação favorita do setor

Em um anúncio feito na semana passada, a companhia alterou o preço para US$ 30 por tonelada para os clientes da China

Após reajuste no preço da celulose, Ágora indica Suzano (SUZB3) como ação favorita do setor
(FOTO:Divulgação)
  • O BTG Pactual também olha as ações com bons olhos: o banco incluiu os papéis da companhia em sua carteira recomendada para dezembro
  • Na visão da Ágora Investimentos, o preço da celulose pode subir US$ 150 dólares por tonelada em 2021

Na última semana, a Suzano (SUZB3) reajustou o preço da celulose para clientes da China em US$ 30 por tonelada. Após o anúncio, a Ágora Investimentos indicou as ações da companhia como as favoritas do setor de papéis de celulose.

O BTG Pactual (BPAC11) também incluiu os papéis da companhia em sua carteira recomendada para dezembro. Segundo relatório divulgado pelo banco, a adição da companhia se deu porque a instituição acredita que a empresa deve continuar performando bem sob um cenário favorável em relação aos preços das commodities durante os próximos meses.

Na outra ponta, Ágora projeta um aumento na demanda por celulose que, segundo estimativas, pode variar entre 1,5 milhão e 2 milhões de toneladas. A expectativa da corretora é que o preço da cmmoditie suba ainda mais em 2021.

Para José Francisco Cataldo, head de research da Ágora Investimentos, há dois indicadores que reforçam a decisão. “Primeiro, para 2021, temos uma demanda global que tende a continuar crescendo. Segundo, há o aumento do preço do papel na China”, diz. “Os preços da celulose vão subir US$ 150 dólares por tonelada, atingindo US$ 650 em dezembro de 2021, contra uma média de US$ 570 deste ano.”

Outro ponto interessante levantado pelo especialista é o projeto de celulose Ribas Rio Pardo, que terá capacidade para 2,2 a 2,5 milhões de toneladas. A novidade também pode adicionar R$ 7 a R$ 12 por ação, além de aumentar o seu valor de mercado de 12% a 22%.

“Esses fatores fizeram com que elevássemos o preço alvo da Suzano de R$ 58 para R$ 70, o que representa um potencial de valorização de 26%”, reforça Cataldo.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos