EURO R$ 6,23 +0,00% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% DÓLAR R$ 5,31 +0,05% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% VALE3 R$ 78,91 -0,35% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% PETR4 R$ 26,84 +4,06%
EURO R$ 6,23 +0,00% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% DÓLAR R$ 5,31 +0,05% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% VALE3 R$ 78,91 -0,35% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% PETR4 R$ 26,84 +4,06%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Metais: cobre fecha em alta com dólar fraco

  • Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o cobre com entrega prevista para julho subiu 1,10%, a US$ 4,2300 por libra-peso

(Estadão Conteúdo) – O cobre fechou em alta nesta terça-feira, impulsionado pela fraqueza do dólar e ainda em movimento de recuperação após ter sido fortemente impactado pela decisão da China de interferir no mercado de commodities.

Os investidores também ficaram à espera da participação do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, em uma audiência na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos. Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o cobre com entrega prevista para julho subiu 1,10%, a US$ 4,2300 por libra-peso.

Já na London Metal Exchange (LME), o cobre para três meses avançava 0,95%, a US$ 9.267,50 por tonelada, às 14h43 (de Brasília). Segundo o analista Daniel Briesemann, do Commerzbank, o movimento visto hoje no mercado de metais básicos é uma continuidade do que aconteceu ontem: alta dos preços devido à queda do dólar e ao maior apetite por risco no mercado.

Quando a moeda americana recua, as commodities ficam mais atrativas para quem negocia com outras divisas, o que eleva a demanda. O cobre também se recupera das perdas ocasionadas pela decisão de Pequim de liberar estoques de metais para conter os preços.

Entre outros metais negociados no pregão eletrônico da LME, no horário citado acima, a tonelada do zinco subia 0,70%, a US$ 2.857,00, a do estanho ganhava 0,97%, a US$ 30.370,00, a do níquel avançava 1,63%, a US$ 17.735,00, a do chumbo tinha alta de 0,77%, a US$ 2.173,00, e o alumínio ganhava 0,85%, a US$ 2.424,00.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos