Radar da Imprensa

DPVAT: quem paga o seguro?

A cobrança pode retornar em breve

DPVAT: quem paga o seguro?
DPVAT: entenda quem é que paga o seguro. Foto: Envato Elements

Desde sua criação, em 1974, o DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres) foi um seguro essencial para amparar vítimas de acidentes de trânsito em território nacional.

Geralmente, o seguro era pago pelos proprietários de veículos automotores como parte do licenciamento anual, junto com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). E era obrigatório para todos os veículos terrestres, independente do tipo, categoria ou idade do veículo.

Porém, em 2021, a cobrança que era realizada anualmente, foi suspensa. Mas isso pode mudar novamente.

Publicidade

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos

Agora, com a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLP) 233/23 pela Câmara dos Deputados, o seguro nacional obrigatório pode voltar a ser cobrado.

O texto aguarda aprovação no Senado e sanção presidencial para entrar em vigor. Após a conclusão deste processo será permitido a retomada da cobrança obrigatória aos motoristas.

O valor a ser pago pelos proprietários de veículos será determinado pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), e conforme as novas medidas estabelecidas poderá variar de acordo com a categoria tarifária do veículo.

Colaborou: Renata Duque.

Web Stories

Ver tudo
<
Como identificar uma nota falsa?
Quanto custa comer na melhor pizzaria da América Latina, que fica em SP?
D.O.M: saiba quanto custa comer em um dos 100 melhores restaurantes da América Latina
Como receber pensão vitalícia na união estável?
Quanto Madonna já ganhou na loteria?
Quanto custa comer no 2º restaurante mais caro do mundo? Descubra
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
Como investir em IA para ganhar dinheiro?
5 passos para planejar a independência financeira dos seus filhos
Como identificar as notas antigas do real que saíram de circulação?
Reforma tributária: quais alimentos terão imposto zerado ou reduzido? Confira lista
>